Avançar para o conteúdo principal

In memoriam: Margot Kidder

Em junho de 1938, o mundo conhecia pela primeira vez aquele que se tornaria um dos maiores heróis de todos os tempos. Com o lançamento da primeira edição da HQ Action Comics, a "Detective Comics, Inc" – uma empresa que posteriormente seria incorporada à DC Comics –, apresentou o Superman aos leitores, um dos mais importantes personagens da cultura pop ocidental, sendo o primeiro herói dos quadrinhos a ter uma revista intitulada com seu nome: Superman #1, publicada no verão de 1939.

E no mesmo junho de 1938, o mundo também pode conhecer Lois Lane, repórter do jornal Planeta Diário, conhecida por sua personalidade forte. Lois fez sua primeira aparição juntamente com o personagem principal, Clark Kent (o Superman) e desde então registra aparições em praticamente todas as histórias do companheiro. Entre suas mais notáveis características estão sua dedicação ao jornalismo, sua coragem e sua amabilidade, traços que atravessaram as barreiras físicas das histórias em quadrinhos e chegaram ao cinema em 1978, quando o Superman ganhou seu primeiro filme.


Interpretada por Margot Kidder, Lois Lane ainda protagonizaria três sequências de Superman, sempre junto a Christopher Reeve, que fazia o Homem de Aço. Na noite do domingo 13/05, foi anunciado o falecimento de Kidder, aos 69 anos. A informação  da morte da atriz foi divulgada pela funerária Franzen-Davis Funeral Home and Crematory, em Livingston, Montana, onde Margot vivia. De acordo com a nota emitida pela funerária, Margot estava em casa, mas a causa da morte não foi divulgada.


Mesmo que a primeira atriz a encarnar a jornalista Lois Lane tenha sido Noel Neill, na série de TV na década de 1940, foi Kidder quem imortalizou a personagem no cinema, abrindo caminho para que outras atrizes encarnassem a destemida Lois: Teri Hatcher fez o papel na série da década de 1990 e atualmente, a atriz Amy Adams interpreta a personagem.

Conhecida por seu papel de namorada do Superman, a carreira de Kidder foi além da redação do Planeta Diário. Entre outros papeis na TV e no cinema, ela participou de Horror em Amityville (1979), Willie & Phil (1980) e Maverick. Por anos, a artista sofreu com um transtorno bipolar, e depois de crises severas nos anos 1990 se tornou ativista em prol do tratamento humanitário da saúde mental. Nos últimos anos, Margot, cuja carreira se iniciou no final dos anos 1960, participou dos filmes The big fat stone (2014), The red maple leaf (2016) e The neighborhood (2017). 

.
Fica aqui a singela homenagem do Crise Comics à atriz Margot Kidder por seu maravilhoso trabalho como Lois Lane e por ter inspirado gerações de garotas a seguir na busca de seus sonhos.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Invasão - Por onde começar a ler X-Men

O grupo mutante X-Men é um dos maiores títulos da Marvel e sempre compete pela liderança de maior número de edições vendidas da editora e isso é um reflexo da qualidade de seus personagens e histórias.

ESPECIAL: Constantine - Ordem de leitura!

Com tanta série vindo por aí, querer conhecer um pouco mais do que está chegando pode parecer uma boa ideia. Saiba o que ler para ter um conhecimento sobre o  mago inglês mais famoso da DC Comics e estar preparado para o que pode vir a ter na série.

Supergirl, Lanterna Vermelha

Não é de hoje que a Supergirl tem alguns problemas em controlar sua raiva e alguns sentimentos mais fortes e, de acordo com o novo escritor de Supergirl, Tony Bedard diz que Kara vai evoluir de uma adolescente cheia de raiva para uma adulta, defensora da Terra. Mas primeiro, ela tem que se livrar dessa fúria da juventude! Cuidado com os spoilers: