domingo, 22 de novembro de 2015

O Marvetinho: Expectativas para a CCXP


Apesar de ainda faltarem duas semanas para a  segunda edição da Comic Con Experience, a expectativa já está borbulhando, assim como os principais anúncios já  têm feito nos últimos tempos. Acredito já ser hora de começar a expressar em linhas alguns pensamentos antes da chegada do evento.

Na primeira edição, da qual eu também participei nos quatro dias, eu saí muito satisfeito, sobretudo pelo fato de ter sido a primeira. Há sempre as pessoas que reclamam em excesso, mas para uma primeira edição a CCXP se saiu inesperadamente bem. É exatamente agora, na segunda vez, que se volta a questionar, pois acabou o fator inédito, o evento já não é mais um calouro.

Estatisticamente já temos uma garantia do avanço, uma vez que o evento terá uma área 60% maior, assim como salas para paineis muito maiores e mais bem equipadas. O fator quantitativo, porém, apesar de já nos dar uma satisfação inicial, ainda deve ser posto à prova. É inevitável a comparação com as continuações hollywoodianas, em que tudo do filme anterior é aumentado, mas que não necessariamente deixa o filme seguinte superior. A prova final ficará para os dias 3 a 6 de dezembro, mas não há como negar que os "números" já divulgados não decepcionam de forma alguma.

Sobre os anúncios dos artistas em geral, em grande parte comecei a me empolgar apenas com os anúncios mais recentes, como Evangeline Lilly, Frank Miller, David Tennant, Krysten Ritter e os irmãos Russo (lembrando que provavelmente os quatro últimos apenas estarão em paineis, e não para sessões de fotos/autógrafos). Também adorei a volta de Timothy Zahn, para finalizar com chave de ouro as edições brasileiras da trilogia de Thrawn. A Canário da CW, assim como a do ano passado (e pela mesma razão), cancelou em cima da hora, o que me leva a crer que não há mais porque tentar trazer o elenco de Arrow (talvez com o de Flash dê certo).


Quanto aos quadrinistas em geral (com destaque para Mark Waid e Jim Lee), os nomes são muito empolgantes, e as HQs já estão separadas para serem autografadas. Espero que no futuro possam trazer Jim Starlin, seria incrível. Em relação à Evangeline Lilly, o que muito me atrai é o seu papel como Hope Van Dyne (assim como o Aquamomoa, no ano passado), e que venham mais astros do MCU (e do DCEU) nas próximas edições. Em relação aos paineis, tenho grandes esperanças (e também certezas já confirmadas) de que os paineis mais esperados deste ano - Disney e Warner - serão consideravelmente superiores aos do ano passado, em que o painel do Marvel Studios deixou muito a desejar. Em equilíbrio ao fato, as filas provavelmente aumentarão exponencialmente, o que nos leva a escolher as nossas prioridades (decisão mais fácil para quem vai comparecer em mais de um dia). Estou muito ansioso para (caso eu consiga) ver o painel com os irmãos Russo, quase como se eles fossem estrelas de Cinema, afinal são os responsáveis por um dos melhores filmes de super-herói (e espero que se repita nos próximos, a começar por Guerra Civil). Um dos últimos anúncios, os figurinos de Batman v Superman, também ganhou imediatamente lugar de honra na expectativa de grande parte do público. Só nos resta esperar para o anúncio de hoje...

Por fim, lugar de destaque merece Star Wars. Com o lançamento programado para duas semanas após a CCXP, acredito que podemos esperar por muitas coisas legais neste ano. Infelizmente  o estúdio não trará nenhum ator (ou o JJ, que provavelmente está ocupadíssimo com os retoques finais), mas há muitas possibilidades para se mexer com as nossas cabeças.

A única expectativa zero é com as lojas, uma vez que a edição do ano passado trouxe muitos produtos que se encontram ao longo do ano na Internet ou na avenida Paulista, e com os preços na mesma faixa (e não custa nada lembrar a respeito do valor do dólar). É claro que isso diz respeito aos produtos pelos quais eu me interesso, e de que tenho conhecimento. O meu objetivo lá não será comprar produtos, mas sim olhar para tudo o que o evento terá a me mostrar. São tantas coisas que eu preciso organizar uma lista ou algo parecido, para não perder nada.

O casal marvete e a gótica suave

0 crises:

Enviar um comentário