Avançar para o conteúdo principal

Vertigo Comics Outubro - Primeira Semana - Análise Completa

Isso aí, pessoal! Com a estreia das novas revistas da Vertigo Comics; o Crise fará a resenha de TODAS as publicações; que sairão semanalmente pela editora! Confira nossa análise da primeira semana de outubro; que conta com a estreia de Survivors' Club; por Lauren Beukers, Dale Halvorsen e Ryan Kelly.

A Vertigo Comics estreará, este ano, 12 novas revistas. No mês de outubro; serão quatro revistas novas - publicadas semanalmente, uma a uma. Em novembro, estrearão mais quatro, totalizando oito publicações mensais da editora. E, finalmente, em dezembro, mais quatro - completando, então, as doze publicações mensais.

No mês de Outubro, somente quatro revistas irão começar; uma por semana. A da vez é Survivors' Club. A nova revista da editora é roteirizada por Lauren Beukes - renomada autora Sul Africana conhecida pelo livro "The Shining Girls" e Dale Halvorsen; que estreia seu trabalho na revista, auxiliando a famosa escritora. A arte fica por Ryan Kelly - antigo conhecido da casa, que já trabalhou nos excepcionais desenhos da revista Lucifer. Sem mais delongas; vamos para a revista

Survivors' Club #1 - por Lauren Beukes/Dale Halvorsen & Ryan Kelly.
Alex: Um bocado de ideias misturadas em uma única revista. Da "máquina de arcade escondida" até o "pesquisas na deep web"; a revista aposta na introdução corrida sem trabalhar muito os personagens para nos botar dentro um mundo aonde tudo está caminhando para dar errado. Os seis 'sobreviventes' estão conectados de alguma forma; e a revista nos tenta colocar a vista de que essa conexão de alguma forma existe - sabe-se lá como. Enquanto parte da revista você fica chamando a aparente protagonista - Chenzira Molenko - de louca, na outra parte o leitor fica tenso com o que pode estar por trás de tudo isso. A interessante arte e enquadramento acrescenta em um clima de horror que promete, se bem executado, muita diversão. É difícil, entretanto: não é fácil conseguir manejar bem seis personagens. Ainda assim, a estreia da revista é muito boa e empolga para a continuação.

Sidarta: Primeiramente, ao avaliar a Vertigo, tenho parâmetros altíssimos de comparação, como Sandman e Monstro do Pântano. Então, ao ler uma revista da Vertigo, eu espero viajar nos limites da imaginação em uma folha de papel.
E a nova Vertigo começa com Survivors' Club; que, quase como todas as novas HQs da editora, tem uma premissa muito surtada e interessante.
A ideia de um "jogo maldito" que amaldiçoa as pessoas que jogam já foi usada algumas vezes, mas dessa vez vemos pessoas que tiveram a vida totalmente modificada, dando uma espécie de poderes bizarros à elas. A revista inteira é muito instigante e consegue fazer o leitor sentir vontade de saber que porra que está acontecendo.
Mas a narrativa falha na pressa...
Em uma só edição, nos introduzem a mais de cinco personagens, nenhum tem a personalidade trabalhada ou aprofundada. E levamos uma enxurrada de informações que soam deveras forçadas logo em uma primeira edição.
É um início interessante, mas um tanto quanto desesperado e sem espírito - elementos que são a marca da Vertigo.

Cuba: Quebrando a quarta parede logo no começo, Survivor's Club não mede esforços pra introduzir os protagonistas da trama em poucas páginas e já dar início a história que flui muito bem mas, em alguns momentos, parece bem corrida. O backstory das personagens se reúne em uma página dupla, mostrando tudo o que aconteceu, mas sem maiores explicações - acredito que teremos esse desenvolvimento com o correr da série. A única que se desenvolvo e, parece ser, a trama principal, é Chenzira. Nunca fui muito de ler quadrinhos de mistério, mas essa me interessou bastante, principalmente nas últimas páginas, que te deixam com uma sensação bem estranha e, claro, aquela vontade louca de continuar a leitura.

Análise feita por:
Sidarta, autor da coluna Sid-Caverna
Rodrigo "Cuba", autor da coluna Primeira Edição
Alex Jacket, autor da coluna O Limite

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Invasão - Por onde começar a ler X-Men

O grupo mutante X-Men é um dos maiores títulos da Marvel e sempre compete pela liderança de maior número de edições vendidas da editora e isso é um reflexo da qualidade de seus personagens e histórias.

ESPECIAL: Constantine - Ordem de leitura!

Com tanta série vindo por aí, querer conhecer um pouco mais do que está chegando pode parecer uma boa ideia. Saiba o que ler para ter um conhecimento sobre o  mago inglês mais famoso da DC Comics e estar preparado para o que pode vir a ter na série.

Sweet Tooth #02

Estava bastante ansioso para saber o que sairia desta HQ no segundo episódio. A primeira edição foi boa, e poderia esperar tanto uma estagnação da história, como uma reviravolta. Felizmente, o melhor aconteceu.