Avançar para o conteúdo principal

Crise Conversa: Vamos falar sobre essa nova imagem do Coringa!

Não tem erro: cada imagem ou informação nova do Coringa (Jared Leto) que aparecerá em Esquadrão Suicida, a polêmica é imensa. Dessa vez, a briga foi entre o pessoal do Crise! Nesse épico (e cheio de intrigas) retorno do Crise Conversa; veja o que nossos redatores acharam dessa nova imagem publicada na revista Empire do Palhaço do Crime.


Antes de tudo, o mais importante: embebedado por polêmicas; o vindouro filme Esquadrão Suicida, de David Ayer, trouxe uma ideia diferente para praticamente todos os membros do Esquadrão e personagens que aparecerão no filme. O mais polêmico, entretanto, foi o Coringa, que com um visual mais extravagante do que nunca, dividiu as opiniões dos fãs. Com a nova imagem publicada pela revista Empire; a briga entre os redatores do site foi intensa. Vamos lá!





Lucas Giesteira: Poxa, era um personagem tão bom...

Clarice Dellape: GOSTOSO DO CARAL**!

Alex Jacket: Nossa, gostei muito do sobretudo, mas que rosto esquisito!

Cuba: Que daora!

Lucas Giesteira: Ah, esqueci que dcnauta está acostumado a ter personagens estuprados...

Alex Jacket: Tipo o Ultron? (risos) eu acho maneiro mudar as coisas, já que nos quadrinho é tudo diferente sempre

Kyo: Ah, então os Marvetes querem tudo igual às HQs? (risos)

Lucas Giesteira: Ultron tá mil vezes mais fiel que este Coringa... Eu gostei dele!

Alex Jacket: Ser fiel ao quadrinho não fez dele um bom vilão. Ser fiel ou não nunca será justificativa para ser bom ou não... O coringa do Ledger não foi fiel, mas foi ótimo.

Lucas Giesteira: Se fosse da DC, o Ultron seria todo tatuado (risos). O visual do Ledger era bom, diferente deste...

Alex Jacket: então porque você não gostou do visual de um personagem não-fiel é ruim;
mas se você gosta e ele é não-fiel fica bom? ah, para! esse papo do PRECISA SER FIEL HURR DURR está batido, tendo em vista que os melhores filmes de super herói são aqueles que são mais autorais do que fiéis...

Lucas Giesteira: Esse coringa está muito "vamos causar no visual dele só pra atrair público", para com isso... Autoral não é ficar botando um bocado de tatuagem autorreferenciais...

Alex Jacket: Maldito Frank Miller que tatuou o coringa! (sic)

Clarice Dellape: Gente, o filme [Esquadrão Suicida] não é um live-action... Este coringa está muito bonito, não tem o porque de ficar chorando...

Lucas Giesteira: Se pra vocês este coringa é genial, desculpe...

Alex Jacket: Não é genial, é único... Tem uma cara própria. Se vai ser genial ou não ninguém ainda sabe.

Cuba: é único tipo os coringas do cinema! Acho muito lindo isso que fazem, de cada vez que o Palhaço aparece, dão um toque novo pra ele

Alex Jacket: Lucas, você realmente não sabe como vai ser. É só um personagem que você gosta sendo modificado... Quando o Snyder mudou o coringa nos quadrinhos. todo mundo chiou, mas endgame é a melhor história de Batman desde a virada do milênio. mudar é legal, pô

Lucas Giesteira: Eu achei que foi modificado de uma maneira burra. Não tenho que gostar...

Alex Jacket: É só mudar direito. falar merda e não gostar antes de realmente assistir ou ver é um pouco hipócrita, na minha opinião. é tipo achar que vai ser filmão pelos trailers (iron man 3) ou achar que vai ser filminho porque o nome é desconhecido (guardiões da galáxia)

Lucas Giesteira: Eu gostei dos dentes do Leto, por exemplo. A maquiagem dos olhos, da boca, o cabelo... Eu só não gostei das autorreferências nas tatuagens. Acho isso burro.

Kyo: O Coringa está com uma cara própria. Pra mim isso não é um problema.

Lucas Giesteira: Vocês gostam do personagem baseados em fotos e trailer. Qual a diferença de não gostar vendo as mesmas coisas? Isso não é hipocrisia. Gostar ou não do personagem é uma coisa; ter impressão baseado no que foi mostrado é outra.

Alex Jacket: Achei ele no trailer bem legal, com a frase chave que caracteriza a cara de psycho dele, diferente do Nichelson e do Ledger. Mas o trailer, em geral, achei que tentou ser muito "malandro" e "sombrio". Ainda vou assistir o filme.

Kyo: Na verdade não é nem o gostar, mas sim dar o benefício da dúvida. Não dá para resmungar sobre algo focado em atuação só pelo visual...

Lucas Giesteira: Ah, para, vocês quem chiam com quem não gosta! (risos)

Kyo: Bem, isso é verdade! (risos)

Alex Jacket: Lucas, repara como isso que você acabou de falar foi diferente de "estupraram o personagem". Estupraram o personagem é bem "VAI SER UM LIXO", "gostar ou não do personagem" é outra coisa. Por exemplo: eu acho o Chistian Bale um terrível Batman, mas os filmes dele são ótimos, por mais que eu não goste dele como o Bats. Da mesma forma que acho o Sinestro, de Lanterna Verde, um bom ator e um bom personagem em um terrível filme...

Kyo: É bem por aí!

Lucas Giesteira: Estupraram o visual dele, na minha opinião, não a atuação dele. Só que acho este coringa muito industrializado. Não vejo nada de artístico nele. Tipo, quando falam que ele "entrou no personagem", para, isso é muito idiota, quero chorar quando falam disso...

Kyo: Tem muitos filmes que estão por vir que vão ser muito legais, isso é fato. Mas o mesmo não posso dizer sobre Esquadrão Suicida. Porém, nem de longe a atuação ou o visual do Leto serão os culpados.

Lucas Giesteira: O visual tem 50% de importância. Se não, fariam um livro!

Kyo: Discordo, mas te entendo.

Alex: Nossa, não concordo. Acho que ter uma cara própria é essencial para o filme. Dou prioridade ao visual próprio.

Kyo: Sim. Se o filme não tiver a cara do diretor, então já está propício ao fracasso. Tipo Quarteto Fantástico. Mas não é o visual que define o filme.

Gandalf: Acho q o coringa está muito exagerado com o foco em vender, as tatuagens me incomodam, mas prefiro ver como ele vai se sair na atuação e desenvolvimento do personagem. Pelo trailer ele está legal, mas acho q o filme como um todo vai ter plot demais e desenvolvimento de menos, é muito personagem...

Lucas Giesteira: Ele está certo. Está muito industrial o coringa.

Gandalf: Mas é difícil julgar por enquanto, e vai vazar muito mais coisa ate chegarmos no filme (risos). 

Clarice Dellape: Ser bonito e foda é ser ~industrial~??? Se fosse uma gostosa seminua ninguém tava falando nada...

Gandalf: Sobre ser comercial... A Harley está exatamente assim também. É ser apelativo pra vender mais e o ruim é se isso vai realmente ser de importância pro personagem ou se é só um exagero pra vender sem muita base do pq é assim

Clarice Dellape: E tipo, qual o problema de ser ~industrial~?

Lucas Giesteira: Quando o pensamento é chamar a atenção das "minas" por ele ser gato o lado criativo se esvai. O Bruce Wayne é bonito, o Clark Kent é bonito, o coringa não.

Sid: Os personagens de quadrinhos sempre foram e sempre vão ser aberrações de fantasia. O coringa nos quadrinhos sempre foi extravagante nessa formula. Essa foto é só uma extravagância atualizada. É o coringa da HQ? Não. Mas o espírito está aí. Como quase tudo que existe: é comercial - principalmente super heróis. 

Lucas Giesteira: Não é o caso. O personagem "Coringa" nunca foi ultrapassado. Este daí vai ficar. 

Sid: Personagens de HQs podem ser eternos, mas olha o quanto eles mudaram em 80 anos. Só olhar os heróis das décadas de 40 e 50... Aquilo desapareceu e só aparece por efeito nostálgico às vezes. Tudo muda. O que era maneiro nos anos 90 é ridículo hoje. Personagens são eternos sim, mas sujeitos as mudanças do tempo como tudo que existe. Um herói é um cara bolado fantasiado na rua, nada nunca vai mudar isso. Isso sempre vai ser bizarro e extravagante. Só porque não agradou, não deixa de ser válido.

Lucas Giesteira: Depende de qual tipo de mudança... Transformar o cara em um Marilyn Manson não é o caso. Ele parece um vocalista de banda gótica. É tipo fazer um herói tipo... O capitão América com o cabelo na cintura. Eu ia achar mt foda, mas não é válido.

Clarice Delape: Cara, o coringa sempre foi bonito. Principalmente em algumas HQs especiais. Ele é narcisista sim. Acho que está suave com o Jared, e você não deveria se importar com isso.

Kyo: É que nem eu disse: reclamar de uma atualização ou transformação mais comercial de algum personagem é que nem ser fã de uma banda que de repente vira mais popular... Puro resmungo! Porra, é um filme sobre um grupo desconhecido, é claro que vão tentar deixar mais agradável pro grande público. Mas isso não é necessariamente ruim, o que importa é se o diretor e o ator conseguir ainda assim deixar com jeito autoral.

Alex Jacket: O que importa não é a caracterização mas sim como vão explicar ela.

***


Alex Jacket é o autor da coluna O Limite
Lucas Giesteira é o autor da coluna O Marvetinho
Kyo é o autor da coluna Splash Page. 
Sid é o autor da coluna Sid-Caverna
Cuba é o autor da coluna Primeira Edição
Gandalf é o autor da coluna Crise Nippon
Clarice Dellape é uma das redatoras e colaboradoras do site!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Invasão - Por onde começar a ler X-Men

O grupo mutante X-Men é um dos maiores títulos da Marvel e sempre compete pela liderança de maior número de edições vendidas da editora e isso é um reflexo da qualidade de seus personagens e histórias.

ESPECIAL: Constantine - Ordem de leitura!

Com tanta série vindo por aí, querer conhecer um pouco mais do que está chegando pode parecer uma boa ideia. Saiba o que ler para ter um conhecimento sobre o  mago inglês mais famoso da DC Comics e estar preparado para o que pode vir a ter na série.

Sweet Tooth #02

Estava bastante ansioso para saber o que sairia desta HQ no segundo episódio. A primeira edição foi boa, e poderia esperar tanto uma estagnação da história, como uma reviravolta. Felizmente, o melhor aconteceu.