Avançar para o conteúdo principal

Batman: Arkham Knight encontra dificuldades em sua semana de lançamento


Batman: Arkham Knight é o quarto jogo da franquia - e o terceiro produzido e desenvolvido pela Rocksteady, que também cuidou do City e do Asylum. Porém, diferente dos dois títulos anteriores, Arkham Knight está enfrentando diversos problemas em sua semana de lançamento - que estão levando medidas drásticas, como suspensão de vendas por tempo indeterminado.
Publicado pela Warner Bros Games e desenvolvido pela Rocksteady; Batman Arkham Knight é a continuação do premiado Arkham City.

O jogo é o fim da trilogia "Arkham" e foi lançado dia 23 de desse mês para PS4, Xbox One e PC. Porém, o lançamento está encontrado dificuldades, principalmente em relação a versão de computador. 

Assim como reportado pelo site IGN; a versão de computador - que, normalmente, é mais completa - está sofrendo com quedas bruscas de quadros por segundo, dificultando a gameplay mesmo nos computadores mais potentes. Ainda, a versão de computador está graficamente menos trabalhada, com problemas de texturas e resoluções.

A Rocksteady sempre foi uma produtora e desenvolvedora de jogos para computadores, e é muito estranho ver isso acontecendo. Ainda; Batman Arkham sempre foi uma série de jogos que, nos computadores, se dava melhor que nos consoles, principalmente por apoio da nvidia. Exemplo disso é ver como a física do jogo era melhor explorada no PC por causa da tecnologia do nvidia physix - que os consoles da geração passada não suportavam.

Parece que o jogo virou para os consoles de mesa, entretanto. O game para computador está sofrendo problemas principalmente com placas da AMD (ATI/Radeon); o que fica mais estranho ainda, pois o Playstation 4 e o Xbox One utilizam placas de vídeo exatamente dessa empresa, e não da nvidia.

A medida mais drástica, entretanto, veio ontem (24/6); quando a publisher do jogo - Warner Bros Games - decidiu cessar as vendas por completo da versão de computador do jogo. A decisão fora feita junto com uma carta aberta da empresa; falando dos problemas e dificuldades com a versão de computador. Eles, porém, não deram uma data específica para o retorno das vendas do jogo para a plataformas com Windows muito menos quando os problemas serão resolvidos.

Os problemas com o jogo, ainda, não terminam por aqui. A recepção da crítica para o jogo também está relativamente mais baixa em relação aos outros jogos da franquia. Enquanto Arkham City e Arkham Asylum tiveram médias de nota acima de 90; Knight não pareceu ter impressionado os críticos, tendo uma média de críticas de 87 para PS4/Xbox One e 62 para PC. A crítica aponta problemas com a movimentação do Bat-movel e que a dificuldade do jogo está aquém do esperado, sem falar que está curto demais e com pacotes de expansão e DLC com preços superfaturados, como o redator e colunista Ricardo Syozi apontou em sua coluna, Splash Page.

O crise fará a resenha do jogo assim que possível e normalizado todos os problemas com a versão de computador. Se vocês já estiverem jogando, falem sua opinião!

Texto por Alex Jacket; autor da coluna O Limite.
 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Invasão - Por onde começar a ler X-Men

O grupo mutante X-Men é um dos maiores títulos da Marvel e sempre compete pela liderança de maior número de edições vendidas da editora e isso é um reflexo da qualidade de seus personagens e histórias.

ESPECIAL: Constantine - Ordem de leitura!

Com tanta série vindo por aí, querer conhecer um pouco mais do que está chegando pode parecer uma boa ideia. Saiba o que ler para ter um conhecimento sobre o  mago inglês mais famoso da DC Comics e estar preparado para o que pode vir a ter na série.

Sweet Tooth #02

Estava bastante ansioso para saber o que sairia desta HQ no segundo episódio. A primeira edição foi boa, e poderia esperar tanto uma estagnação da história, como uma reviravolta. Felizmente, o melhor aconteceu.