Avançar para o conteúdo principal

Primeira Edição: Dick Grayson e as piadas da DC

'Preciso te passar uma HQ genial, é a Future's End: Grayson #1, você precisa ler!' Esse foi o começo de uma conversa no Skype que me faturou umas boas risadas e alguns minutos pra desvendar um engraçado mistério de mais uma piada da DC Comics estrelando o Menino Prodígio.

Segui o conselho desse amigo e fui atrás da edição, logo nas primeiras páginas um detalhe já chama bastante a atenção, a história é contada ao contrário. As páginas vão voltando no tempo, mantendo, no máximo, duas páginas para cada dia/ação. A revista conta a história desde o assassinato dos pais de Dick, uma primeira aventura como Robin, a resolução de um caso com o Batman, algumas coisas com sua parceira, Helena e a infiltração na Rússia para matar o KGBesta, vilão que virou a autoridade suprema da Mãe-Rússia.

Pô, bacana, qualquer coisa envolvendo os camaradas comunistas já me chama a atenção, a abordagem de Tom King e Tim Seeley foi bem bacana, mas nada genial. Fui ler de novo, claro, até porque ele insistia que eu não havia entendido a genialidade da HQ.

Numa segunda leitura rápida, acabei pegando mais detalhes que já havia percebido antes, mas vendo de outro ângulo, como um componente achado em seus primeiros casos, que fora trazido a tona para Helena e usado no final/começo da história, para que Dick fugisse do enforcamento.

É, realmente não consegui. Ganhei uma dica, referente a um caso que aparece no meio de tudo, quando Batman & Robin vão atrás do vilão Mestre das Pistas, pai de Stephanie Brawn, a garota que foi Robin, lembra? Então, o vilão usava a primeira letra de suas frases pra formar uma pista, o que se tornou um vício de Dick que, sem controlar, sempre soltava algo no formato do Mestre.

Foi logo na primeira página que percebi a primeira. Enquanto Dick está sendo enforcado, Helena forma 'the roof' com as iniciais de suas frases. A expressão é usada no resto do quadrinho, sendo usada como um plano de fuga. O que chama a atenção, é que os mesmos movimentos que ela faz para com a corda, se repetem na última página, quando Tony Zucco planejou matar os pais de Dick.

Agora sim ta maneiro! Fui procurar em outras páginas, achei um 'i love you', falado por Helena em outra sequência de ação. Mas foi o último que mais marcou a genialidade do roteiro.

É quando o casal está preso por cordas, em cima de uma piscina de tubarões, que Dick solta algumas frases e começa a rir em todos os seus diálogos. Mas essa eu não vou falar, deixo para atiçar sua curiosidade em ir atrás da história e descobrir o que o, agora agente secreto Dick Grayson, quis dizer em sua 'língua secreta'. Uma pena que tudo isso só fique legível com a HQ original em inglês, pois a tradução faz perder a brincadeira.

Para aqueles que foram atrás, deixe nos comentários se conseguiram descobrir essa terceira e última pérola!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Invasão - Por onde começar a ler X-Men

O grupo mutante X-Men é um dos maiores títulos da Marvel e sempre compete pela liderança de maior número de edições vendidas da editora e isso é um reflexo da qualidade de seus personagens e histórias.

ESPECIAL: Constantine - Ordem de leitura!

Com tanta série vindo por aí, querer conhecer um pouco mais do que está chegando pode parecer uma boa ideia. Saiba o que ler para ter um conhecimento sobre o  mago inglês mais famoso da DC Comics e estar preparado para o que pode vir a ter na série.

Sweet Tooth #02

Estava bastante ansioso para saber o que sairia desta HQ no segundo episódio. A primeira edição foi boa, e poderia esperar tanto uma estagnação da história, como uma reviravolta. Felizmente, o melhor aconteceu.