Avançar para o conteúdo principal

Mad Max - Fury Road - Nux & Immortan Joe #1 - Análise


Rápido na tela; explicativo nos quadrinhos. Se tem algo que quase a internet toda concorda é que Mad Max: Fury Road é um filme MUITO BOM. Com cenas de ação incríveis e cheio de conteúdo em segundo plano; Mad Max retorna aos cinemas com notas e bilheteria alta; marcando a volta de George Miller a famosa franquia dos anos oitenta. A surpresa, entretanto, é em uma revista publicada pela Vertigo Comics; acompanhando o sucesso do filme e trazendo mais conteúdo por trás da película de ação. Será que Nux & Immortan Joe #1 consegue manter a qualidade do filme em outra mídia? Confira a nossa análise do primeiro capítulo.


Antes de qualquer coisa: vale ressaltar que George Miller também está no comando dessa revista. E porque isso é tão importante? Bem, o trabalho é do cara; então ninguém melhor que ele para criar o quadrinho.

Sem a beleza que o cinema proporciona; pode-se pensar que o quadrinho viria aquém do que dá pra ver nas telonas. Não poderia ser mais mentira. O quadrinho é super bonito; com quatro artistas em uma única edição. Uma das coisas legais é que a série pode trabalhar uma história além do Max; o que acrescenta bastante na mitologia que Estrada da Fúria começou a trazer de volta nos cinemas.

Na primeira parte da história; vemos um pouco sobre o Nux. O porque dele ser único e importante dentro dos Homens de Guerra; mesmo sendo todo problemático. "What a lovely day!"

Na segunda, o foco é na história de Immortan Joe. Já que o filme não trás "backstory" para esses personagens - uma característica da franquia no cinema - o quadrinho passa a ser um ótimo meio para saciar mais a vontade de Mad Max depois de assistir o filme. Saber um pouco mais de Nux e Joe com certeza aumenta o conhecimento desse característico mundo distópico - e ajuda a ver o porque dele ser tão irreverente.

Aqui temos uma dualidade: será que é bom uma revista servir como base explicativa pra muitas das cenas misteriosas do filme? Este é o trabalho dessa série da Vertigo. Aqui vemos mais sobre a doma, as mães de leite, os filhos de Immortan... O quadrinho é como um "back up" para expandir o entendimento do filme; do que está na cidadela ou em Gas Town. 

Se conhecer mais de Nux e Joe possa não ser interessante para todo mundo; a série da Vertigo promete algo - expandir o universo de Mad Max Fury Road - e consegue fazer isso muito bem. O roteiro é sólido e digno e tem uma arte bonita. Pode não ser tão irreverente e cheio de ação quanto o filme - afinal, são mídias diferentes e o George Miller sabe disso - mas tem uma graça única e própria. Não espere uma continuação do filme nos quadrinhos; a expansão aqui é mais focada nos personagens e no ambiente. Mês que vem a história continua em Mad Max - Fury Road - Furiosa #1; e isso é tão animador quanto esta edição.

Nota: 8.5. Rápido na tela; explicativo nos quadrinhos.
Acertos: O roteiro sólido de Miller junto com uma arte muito bonita
Erros: não ter a irreverência e mistério dos filmes. Talvez alguns achem que ser só uma história acessória e explicativa de elementos do filme possa ser um problema.

Mad Max: Fury Road - Nux & Immortan Joe #1 pode ser adquirido, em inglês, pelo ComiXology.


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Sweet Tooth #02

Estava bastante ansioso para saber o que sairia desta HQ no segundo episódio. A primeira edição foi boa, e poderia esperar tanto uma estagnação da história, como uma reviravolta. Felizmente, o melhor aconteceu.

Invasão - Por onde começar a ler X-Men

O grupo mutante X-Men é um dos maiores títulos da Marvel e sempre compete pela liderança de maior número de edições vendidas da editora e isso é um reflexo da qualidade de seus personagens e histórias.

ESPECIAL: Constantine - Ordem de leitura!

Com tanta série vindo por aí, querer conhecer um pouco mais do que está chegando pode parecer uma boa ideia. Saiba o que ler para ter um conhecimento sobre o  mago inglês mais famoso da DC Comics e estar preparado para o que pode vir a ter na série.