quinta-feira, 19 de março de 2015

Thor Mulher vende muito mais do que o Thor Barbudo!

"Aquele que empunhar esse martelo, se for digno, possuirá o poder de Thor". Essa é a inscrição no Mjolnir e, desde um tempo atrás, o loirão passou a não ser mais o dono do próprio martelo. Desde então, é uma moça, também loira, que empunha o lendário Mjolnir. Claro que isso foi motivo de muito ódio e mimimi por parte dos fãs de quadrinhos mundo afora porque, afinal, essa industria não é nada igualitária.

Depois de muita reclamação e um ótimo crescimento na qualidade das histórias e exploração da personagens, parece que a Marvel, e o mundo, não ligou nem um pouco para a opinião dos haters. De acordo com as informações de vendas das quatro primeiras edições da nova Thor, o número de vendas aumentou consideravelmente.

Por falta de uma pesquisa mais completa, ainda não se sabe se a publicação está atraindo mais leitoras femininas, o que temos para provar isso, são as inúmeras criticas positivas pela internet, com a aprovação do público feminino. A audiência antiga girava em torno de 20 mil cópias. Na estréia da nova revista, foram vendidas mais de 150 mil! Enquanto a estréia de Thor: God of Thunder, em novembro de 2012, vendou 65 mil.

Jenny Kutner, redatora do site Salon, ainda faz uma excelente pergunta: Quem é estúpido nesse caso? Os executivos da Marvel por decidirem diversificar seu elenco de personagens para uma maior audiência, ou com as dezenas de milhares de fãs da nova Thor que parecem estar bem com ela ser uma mulher?

Acho que nenhum dos dois.
E essa capa do Esad Ribic?
Fonte: Salon

0 crises:

Enviar um comentário