sexta-feira, 20 de março de 2015

The Flash S01E13 - The Nuclear Man - Análise

Essa é a Naga Jolokia, a pimenta mais forte do mundo! Finalmente, temos a estréia oficial de Nuclear! Fechando os pontos e convocando o herói, mais um está pronto para a, talvez, Liga da Justiça dos Seriados. Com muitas piadinhas, excelente atuação e vários easter eggs, Firestorm é mais um na lista de excelentes episódios. Cuidado com os spoilers:

"Meus amigos me chamam de pontual.", mas o que?! Flash e pontualidade não combinam, todos os roteiristas já ressaltaram essa característica da personagem, até mesmo como uma outra máscara para preservar seu alter ego. A problemática Barry+Linda (esposa de Wally), já não é mais um problema. Claro que incomoda nosso coração de fã, mas a adição da personagem e a atuação de Malese Jow compensam muito. Conseguimos até ver um pouco de ciúmes da parte de Iris!


Uma das coisas mais divertidas nos seriados da Warner/DC são os easter eggs, pra quem é atento o suficiente e lê bastante quadrinho, consegue identificar uma porção de coisas. Nesse episódio em particular, como sempre acontece, temos uma chamada da polícia, indicando um cruzamento, 52 com a Waid. O número 52 sempre referencia ao reboot da DC e Waid, com toda a certeza de quem vos escreve, homenageia um dos melhores escritores da revista, Mark Waid.

Uma das marcas registradas das revistas do Flash é o humor, retratado muito bem nos episódios. O suicida resgatado, pegadinhas com rapidez no sexo, as situações enquanto Joe e Cisco investigam a antiga casa de Barry, até mesmo algumas reações de Barry com tudo ao seu redor.


Mas o mais importante agora, o Nuclear. O episódio explora muito bem o conflito das duas mentes dentro de um mesmo corpo, Stein controlando enquanto a mente de Ronnie apenas assiste seu corpo. O conflito, como já relatado nos quadrinhos, pode desencadear uma explosão nuclear, que acaba acontecendo, mas tem um papel bem importante para o episódio. O único pecado da personagem é seu ator, porém, assim que ele volta a ser apenas Ronnie, isso vai totalmente para escanteio.

Com as investigações sobre os dois velocistas na noite do assassinato da mãe de Barry, a amizade que estava crescendo entre Joe e Cisco sofre um abalo, porém, temos mais introduções sobre um bom assunto: viagem no tempo.

Nota 9,5. Novas personagens, mais humor, mais mistérios. Essa é uma constante em The Flash, o que mantém a qualidade do show e a fidelidade do público. Com as conclusões do Nuclear e a volta dos interesses do exército, o próximo episódio ainda terá continuações do assunto.
Acertos: Humor, Linda/Iris, Nuclear.
Erros: Atuação (bem de leve)


0 crises:

Enviar um comentário