Avançar para o conteúdo principal

The Flash S01E10 Revenge of the Rogues - Análise

O Velocista Escarlate! Um dos episódios com mais química entre os atores, juntando a experiência e a amizade no set de filmagens, e a continuação de Going Rogue, primeiro episódio a explorar a Galeria de Vilões do Flash. Marcado por apresentações de mais personagens, Revenge of the Rogues continua a sequência de excelentes episódios. Cuidado com os spoilers:


Depois de aparecer no piloto, a Ferris Aeronáutica volta como campo de treinamento. Além da volta do easter egg e citação de Ghost Busters, já podemos perceber sinais do Flautista, principalmente com sua família sendo a vítima escolhida por Mick Rory e Leonard Snart.

Para os desavisados, Mick Rory apareceu no final de Goig Rogue, acendendo um fósfuro durante a conversa com Snart, o Capitão Frio. Rory é o Onda Térmica, vilão obcecado por chamas, um pirotécnico, retratando um dos trajes mais próximos dos quadrinhos, com queimaduras, óculos e até um macacão. 

A estrela de ouro do episódio vai para os dois, a quimica de Wentworth Miller e Dominic Purcell trazem toda a experiência adquirida em Prision Break, onde os irmãos tentavam fugir da cadeia. Com trocadilhos de ambos, ressaltando a dicotomia do gelo e fogo, vemos a formação da Galeria. O roteiro do episódio ficou por conta de Kai Yu Wu e Geoff Johns, os mesmos encarregados de Going Rogue, continuando com a bela trama e deixando um excelente gancho para o próximo episódio com os dois e, com certeza, um terceiro membro.

Temos um destaque para a primeira citação das outras partes do Nuclear, Jason Rusch e Dr. Martin Stein, ambas as personagens já dividiram a mente com o corpo de Ronnie Raymond nos quadrinhos. Rusch até aparece e explica aspectos do projeto Nuclear.

Jason Rusch
Esse décimo episódio mostra, nitidamente, a diferença entre Flash e Arrow. O humor e as cores já indicaravam isso muito bem, porém, o heroi de Central City não é um vigilante sombrio. Se mostrando e trabalhando ao lado da polícia, o Homem Mais Rápido do Mundo agora é reconhecido pelos policiais e tem a confiança das pessoas. Até mesmo os Laboratórios STAR voltam a passar um lado positivo. Mesmo encarredado da força tarefa que quer captura-lo, até mesmo Eddie da um sorriso.

Nota 10,0. O episódio é tão bom que o Dr. Wells quase se levanta da cadeira de rodas. O easter egg de Space Ghost é sensacional e temos mais um Snart na jogada, que apareceu bem de surpresa. Aprensentando tantas novas personagens, a espera dos poderes de Cisco e Caitlin começam a deixar o fãs cada vez mais ansiosos.
Acertos: Galeria, efeitos, figurino, roteiro.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Sweet Tooth #02

Estava bastante ansioso para saber o que sairia desta HQ no segundo episódio. A primeira edição foi boa, e poderia esperar tanto uma estagnação da história, como uma reviravolta. Felizmente, o melhor aconteceu.

Invasão - Por onde começar a ler X-Men

O grupo mutante X-Men é um dos maiores títulos da Marvel e sempre compete pela liderança de maior número de edições vendidas da editora e isso é um reflexo da qualidade de seus personagens e histórias.

ESPECIAL: Constantine - Ordem de leitura!

Com tanta série vindo por aí, querer conhecer um pouco mais do que está chegando pode parecer uma boa ideia. Saiba o que ler para ter um conhecimento sobre o  mago inglês mais famoso da DC Comics e estar preparado para o que pode vir a ter na série.