Avançar para o conteúdo principal

Mestre Warren Ellis na revista da Capitão Marvel


Não é de hoje que a Marvel tenta fazer a Capitã Marvel se tornar sua personagem feminina de maior peso em seu universo quadrinhístico e claro que o reforço de Warren Ellis está alinhado com esse plano.


A Mulher Maravilha Capitã Marvel tem passado por muitas mudanças atualmente, começando por sua alcunha, ela foi promovida de Miss para Capitã, logo depois já entrou pra equipe sensação do momento, os Gargiãos da Galaxa, e teve um filme solo confirmado. Tudo isso visando torná-la a mulher mais importante no seu panteão de heróis e quem sabe até levar mais garotas do sexo feminino a ler suas HQs (e depois ir no cinema sem serem puxadas por seus namorados nerds e comprarem brinquedinhos).

Se a intensão era atrair a mulherada, nada mais certo do que colocar uma no roteiro do título. A escolhida foi Kelly Sue DeConnick e seus roteiros, ao que se vê por aí, parecem estar agradando ao público.

Mas isso não é suficiente, é necessário transformar a Capitã em uma superstar e para isso o grandioso Warren Ellis irá dar se juntar a DeConnick nas edições #12 e #13 da heroína.

Os dois já trabalharam juntos em Avengers Assemble em 2013 e, sobre Ellis, DeConnick afirmou o seguinte: "Nos divertimos muito. Sempre se aprende muito com ele. Todo mundo deveria ler Trees". Já Ellis falou que a história deve seguir um caminho bem espacial e que está trabalhando para tirar umas piadas horríveis da colega do roteiro.

Olha aí a fuça dos dois
O que eu acho? Vale ressaltar que essa HQ que eu mencionei, Avengers Assemble (2013), foi bem fraquinha. Ainda assim... pô, Warren Ellis é foda, ele escreveu alguns dos melhores títulos da atualidade e DeConnick é a voz feminina que precisamos, não só para acabar com esse mito de que HQ é uma coisa machista, como também para variar um pouco o tempero que se coloca na narrativa das histórias de superheróis.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Sweet Tooth #02

Estava bastante ansioso para saber o que sairia desta HQ no segundo episódio. A primeira edição foi boa, e poderia esperar tanto uma estagnação da história, como uma reviravolta. Felizmente, o melhor aconteceu.

Invasão - Por onde começar a ler X-Men

O grupo mutante X-Men é um dos maiores títulos da Marvel e sempre compete pela liderança de maior número de edições vendidas da editora e isso é um reflexo da qualidade de seus personagens e histórias.

ESPECIAL: Constantine - Ordem de leitura!

Com tanta série vindo por aí, querer conhecer um pouco mais do que está chegando pode parecer uma boa ideia. Saiba o que ler para ter um conhecimento sobre o  mago inglês mais famoso da DC Comics e estar preparado para o que pode vir a ter na série.