Avançar para o conteúdo principal

Os Melhores Do Mundo: Esquadrão Suicida

Fala, bando de fãs de quadrinhos! A sua coluna favorita (muito mais legal do que a dos outros caras do Crise) está de volta com o melhor grupo de vilões forçados e/ou subornados a trabalharem para o governo que já apareceu nas páginas da DC Comics. É claro que me refiro ao Esquadrão Suicida! Então prepare aquela dose cavalar de coragem e venha conhecer os cinco membros mais fodões deste grupo. Este é Os Melhores Do Mundo!

#1: Deadshot
Aqui no Brasil conhecido como Pistoleiro. O calculista Floyd Lawton possui tudo o que um assassino de primeira precisa: uma pontaria perfeita, uma frieza matemática e um senso de liderança nato. Assim, ele tornou-se mais de uma vez o líder do Esquadrão, fazendo todos os principais trabalhos mais sujos que Amanda Waller pede. Inicialmente, o seu objetivo parecia apenas o de diminuir a sua sentença, mas aos poucos notamos que há muito mais por trás disso. Cuidado com a luz vermelha de sua mira, pois isso quer dizer que você morrerá em segundos.

#2: Ric Flag Jr.
O primeiro líder do Esquadrão como o conhecemos hoje, mas foi o seu pai, Ric Flag, quem liderou a primeira equipe de mesmo nome na Segunda Guerra Mundial. Jr comandou o grupo que passou a ter vilões como membros, pois as missões eram sempre tão terríveis que quase sempre apenas um ou outro integrante voltava com vida. Ele se tornou um verdadeiro braço direito de Waller, sendo o único que nunca usava algemas e sempre tinha a prerrogativa das situações mais complexas.

 #3: Tigre de Bronze
Ben Turner, o Tigre de Bronze, é um dos membros mais bacanas do Esquadrão. Ele já foi um membro da Liga Dos Assassinos, e não apenas isso, mas o cara treinou a lindona Cassandra Cain (best Batgirl EVER!). Suas aptidões em luta física são absurdas, ele é um mestre ninja e até mesmo já venceu o Batman! Na era NEW 52 ele volta a fazer parte da Liga Dos Assassinos. Além disso, ele já apareceu no desenho The Brave And The Bold, no seriado Arrow e no game Batman Arkham Origins Blackgate.



#4: Harley Quinn
A palhacinha mais adoravelmente psicótica das HQs. A Doutora Harleen Quinzel se tornou membro do Esquadrão após um ataque de loucura e muitos homicídios, ela foi capturada pela Canário Negro e em seguida "contratada" por Amanda Waller para ser um dos novos integrantes. Após uma missão bem sucedida, Harley descobre sobre a morte do Coringa e decide fugir da equipe para ir atrás de seu pudinzinho. Ela se tornou uma das vilãs mais queridas dos quadrinhos.

#5: Oráculo
Tenho certeza que você nem sabia dessa, né?! Barbara Gordon, a Oráculo, antes de se aventurar por Gotham e fazer parte das Aves De Rapina, apareceu pela primeira vez nas páginas do Esquadrão Suicida. Inicialmente, a sua única intenção era o de ajudar o seu pai em um caso, mas acabou se envolvendo e percebendo que suas habilidades de hacker e seu altíssimo nível de inteligência poderia servir para muito mais do que um único caso. Assim, ela acabou se mudando para a prisão de Belle Reve onde passou a trabalhar sobre o falso nome Amy Beddoes. Ela foi treinada por Dragon em um tipo de luta com bastões para poder se proteger, já que não podia andar com as próprias pernas. Sua primeira aparição com o nome Oráculo foi na edição de número 23 do Esquadrão Suicida.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Sweet Tooth #02

Estava bastante ansioso para saber o que sairia desta HQ no segundo episódio. A primeira edição foi boa, e poderia esperar tanto uma estagnação da história, como uma reviravolta. Felizmente, o melhor aconteceu.

Invasão - Por onde começar a ler X-Men

O grupo mutante X-Men é um dos maiores títulos da Marvel e sempre compete pela liderança de maior número de edições vendidas da editora e isso é um reflexo da qualidade de seus personagens e histórias.

ESPECIAL: Constantine - Ordem de leitura!

Com tanta série vindo por aí, querer conhecer um pouco mais do que está chegando pode parecer uma boa ideia. Saiba o que ler para ter um conhecimento sobre o  mago inglês mais famoso da DC Comics e estar preparado para o que pode vir a ter na série.