CCXP: O Crise na Coletiva de Imprensa

#VaiSerÉpico é a frase da vez e, logo antes de abrir o primeiro dia de evento, os executivos do evento se reuniram pra mostrar a que vieram e apresentar a Comic Con Experience para a imprensa geral! Veja o que rolou lá dentro, na cobertura do Crise!


Os sete organizadores sentaram e, o primeiro tópico já foi ao ar: anuidade. Já é uma certeza de que a CCXP vai rolar todo ano, numa bela organização, eles já possuem 3 anos de contrato com o local do evento, o SP Expo e até mesmo apoio da Secretaria de Cultura, adicionando ao calendário de São Paulo.

As dificuldades e preconceitos também foram falados, muita gente achando que seria mais um evento cheio de sub-celebridades, youtubers e alguns dubladores, do jeito que os eventos de anime são conhecidos por aqui.

Sobre os convidados, se falou muito sobre Edgar Vivar, o Senhor Barriga do Chaves. Quando ele veio ao Brasil, quase no meio do ano, para divulgar o novo jogo do Chaves, ele passou pelo Omelete e, a química foi tanta que eles 'acabaram se apaixonando', como disse Erico Borgo, e então, ele aceitou ficar mais um pouco para o evento, até uma homenagem foi organizada para o ator.

"Esse é o fim da carência", disse Ivan Costa, também organizador da FIQ e idealizador da CCXP, sobre a falta de um evento desse porte aqui no Brasil que já tem até confirmação de data para 2015, dos dias 3 a 6 de dezembro.

Confirmações para o próximo foram mais nomes de quadrinistas, mais convidados especiais, de séries e filmes e uma promessa de transformação do mercado e combate a pirataria.


Comentários

Mensagens populares