Avançar para o conteúdo principal

The Flash S01E06 - The Flash is Born

Eu nunca corri tão rápido. Ainda. Deixando a péssima atuação do vilão da semana de lado e a mania das séries da DC sempre colocar um bully, The Flash is Born continua sua entrega de pequenos orgasmos para os grandes fãs do Velocista Escarlate. Com uma cena final surpreendente, que todos estávamos esperando, The Flash já supera essa nova temporada de Arrow. Cuidado com os spoilers.

Começando de um jeito diferente, a narração inicial fica a cargo de Iris West, enquanto escreve no seu blog sobre o Raio, nome que Barry não gosta nem um pouco. O vilão da semana é Tony Woodward, o Viga, um bully da época do colégio, que ganhou poderes diretamente da explosão enquanto caía em aço derretido. Os efeitos excelentes usados na transformação da pele em metal é totalmente ofuscado pela sua péssima atuação.
Boxe buddies
Amizade crescem, Barry e Eddie viram colegas de boxe e falam sobre o passado, como Thawne também sofria com bullying quando criança, por ser baixo, gordo e filho de um político que fechou uma fábrica. Detetive West e Dr. Wells começam uma conversa que não leva numa boa direção mas, até o final do episódio, a amizade ganha direito até a bebida envelhecida. Ganhamos até algumas informações sobre o passado do fundador dos Laboratórios S.T.A.R.

Um dos pontos altos do episódio é a luta entre o Flash e Viga, por mostrar um dos golpes característicos da personagem, o Soco Super-sônico, é uma cena incrível. Depois de derrotado, o vilão vira mais um nas celas especiais, recebe um sermão sobre ser bom e até vê o rosto de Barry, o que, pra falar a verdade, foi bem burro.

Tem que ter a bandeira dos EUA, né?
Wells se mostra cada vez mais uma versão mais velha de Barry, sabendo de coisas impossíveis, dizendo que ele ainda não sabe, mas já correu mais que o som. A afirmação nervosa de que nada do seu trabalho causou a origem do relâmpago amarelo e vermelho que assassinou Nora Allen. Mas em contrapartida, isso também pode indicar que ele é o Flash Reverso, mesmo que tenhamos um Thawne no elenco.

O pacote de easter eggs e referências veio bem recheado nesse episódio, desde uma viatura 52 a menções de outros heróis. Nas conversas sobre o Viga, dois nomes foram usados, Homem de Aço e Punho de Ferro. Iris fala sobre um homem feito de fogo que não se queima, podemos perceber que o Nuclear já começa a ser inserido na trama. A primeira aparição de Keystone City, uma das cidades gêmeas, já nos traz um cais inteiro com o nome de um dos mais importantes moradores da cidade, Jay Garrick, o Flash da Era de Ouro dos quadrinhos.

Garrick's Wharf (Cais Garrick)
No encerramento, Iris volta a narrar e finalmente nomeia o homem mais rápido do mundo, o Flash. E, pra fechar com chave de ouro, do mesmo jeito que todos os episódios conseguem, Joe é surpreendido pela aparição do borrão amarelo e vermelho em sua própria casa, roubando todas as evidências do caso Allen e ameaçando a vida de Iris.

Nota 9,0. Apesar da falha de atuação que já virou uma característica de quase todos os vilões que apareceram até o episódio atual. A paixão pelo herói começa a crescer em Iris, que está cada vez melhor.
Acertos: Novas amizades, referências, se importar com os fãs, a interação Cisco/Caitlin.
Erros: Viga.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Invasão - Por onde começar a ler X-Men

O grupo mutante X-Men é um dos maiores títulos da Marvel e sempre compete pela liderança de maior número de edições vendidas da editora e isso é um reflexo da qualidade de seus personagens e histórias.

ESPECIAL: Constantine - Ordem de leitura!

Com tanta série vindo por aí, querer conhecer um pouco mais do que está chegando pode parecer uma boa ideia. Saiba o que ler para ter um conhecimento sobre o  mago inglês mais famoso da DC Comics e estar preparado para o que pode vir a ter na série.

Sweet Tooth #02

Estava bastante ansioso para saber o que sairia desta HQ no segundo episódio. A primeira edição foi boa, e poderia esperar tanto uma estagnação da história, como uma reviravolta. Felizmente, o melhor aconteceu.