Avançar para o conteúdo principal

Crise Conversa: Entre esquecidos e deixados de lado, qual personagem merece sua atenção?

Hoje em dia, o que não falta é conteúdo quando se trata de heróis e personagens de quadrinhos. DC, ABC, Vertigo, Marvel, Image e por ai vai: muitas editoras e muitos personagens. A pergunta da vez é: daqueles personagens que quase ninguém conhece, qual o seu favorito? Confira a opinião do pessoal aqui do Crise!



Sidarta: Acho que não tenho escolha e preciso mencionar pelo menos 2:
O Dr. Destino, um dos magos mais maneiros e profundos do universo místico da DC (além de possuir uma roupa maneiríssima). O Starman, Jack Knight, dono de uma das melhores HQ's com temática heroica que já li na vida. Herói que mistura questões modernas e reflexivas com questões antigas de legados e tradição heroica.

Ricardo Kyo: Essa é fácil: Cassandra Cain. Por mais que ela tenha sido a Batgirl (que todos conhecem), são poucos que lembram de seu nome, e o seu passado de treinamentos mortais a faz uma das personagens mais fodonas do Universo DC. Sua frieza e calculismo a fazem uma das armas mais mortais de Gotham e, em minha opinião, ainda mais feroz do que Lady Shiva, por exemplo. O mais legal de suas aparições sempre foram as questões de ética e confiança apresentadas nas páginas das HQs, até hoje eu clamo por seu retorno a capa e capuz mais legal que a Batgirl já teve.

Rafael China: Os Novos Deuses sempre foram personagens que me intrigaram no universo DC, mas com exceção de Odisseia Cósmica nunca tive muito contato. Um tempo depois acabei por descobrir que a Marvel tinha seus próprios "Novos Deuses", eles eram chamados de Eternos. E claro que não são mera cópia da DC, afinal ambos tinham o mesmo pai, o mestre Jack Kirby. Os Eternos nasceram da curiosidade de Kirby a respeito da visita de alienígenas a Terra e, apesar de em um primeiro momento te-los criado como personagens separados do universo super heroico, com o tempo eles foram agregados ao mesmo contexto e contribuíram para o aspecto mitológico da Marvel. É difícil encontrar historias do grupo, mas existe uma saga de Neil Gaiman com John Romita Jr. que vale a pena ser conferida.

Alex: Marko, da lua Wreath do planeta Landfall. Marko, junto com sua esposa Alana, marcam uma das maiores histórias que os quadrinhos já viram. Iniciando suas aventuras em 2012, na série "Saga", da Image Comics, Marko foi de cara meu personagem favorito. Ver toda a história dele se desenrolar em uma trágica e rebelde "space opera"; conseguimos encontrar "Saga", que veio como uma das melhores HQs de 2012, 2013 (na qual ganhou três Eisner e um Hugo) e seguiu impecável até mesmo
esse ano. Vale muito, muito a pena ler.

Cuba: Faço parte da gangue que quer a Cassandra de volta. Mas uma personagem, lá nos meus primórdios de leitor de quadrinho, me apareceu numa história qualquer, comecei a ler sobre uma mulher verde salvando sua cidade, quando alguns aliens aparecem e dizem que vão precisar dela de novo. Até ai tudo bem, alguns heróis fazem uma salvação intergalática de vez em quando. Só que não era nada pra usar os músculos, a She-Hulk foi convocada para um tribunal espacial, pra defender uma família ou civilização inteira, não lembro direito. Só sei que aquela história era uma homenagem aos serviços da personagem e eu fiquei realmente interessado em ler mais sobre aquela advogada. Nunca achei muita coisa e, quando fui ler algo recente dela, que ainda está sendo publicado, descobri que a revista está prestes a ser cancelada. É um personagem mais 'mainstream', mas não tira o título de deixado de lado.

E qual o seu personagem B favorito, leitor?


Comentários

  1. sinto falta do doutor destino e dos novos deuses (que tem as versões ridiculas dos novos 52) e do starman citado pelos nobres diplomatas,mas é isso mesmo essas grandes editoras tinham feito os novos 52 para unificar tudo mas agora uma pancada de revistas foram canceladas e estão dividindo novamente tudo a impressão que eu tenho é que a dc e a marvel estão mais perdidas que cego em tiroteio

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nossa, falou tudo, os Novos 52 assassinaram os pequenos personagens.

      Eliminar
    2. Faz pior do que assassinar, da os personagens na mão de roteirista/desenhista ruim... Rob Liefeld e Ann Nocenti continuam a trabalhar na DC apenas pra afundar personagens e revistas.

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Invasão - Por onde começar a ler X-Men

O grupo mutante X-Men é um dos maiores títulos da Marvel e sempre compete pela liderança de maior número de edições vendidas da editora e isso é um reflexo da qualidade de seus personagens e histórias.

ESPECIAL: Constantine - Ordem de leitura!

Com tanta série vindo por aí, querer conhecer um pouco mais do que está chegando pode parecer uma boa ideia. Saiba o que ler para ter um conhecimento sobre o  mago inglês mais famoso da DC Comics e estar preparado para o que pode vir a ter na série.

Sweet Tooth #02

Estava bastante ansioso para saber o que sairia desta HQ no segundo episódio. A primeira edição foi boa, e poderia esperar tanto uma estagnação da história, como uma reviravolta. Felizmente, o melhor aconteceu.