Avançar para o conteúdo principal

Arrow S3E02 - Sara

A força de uma morte.  Depois dos eventos da semana passada; "Arrow" começa sua terceira temporada com o clima mais melancólico possível. Veja o que achamos do episódio, mas tome cuidado com os spoilers!

Não tem como não perceber que a terceira temporada de Arrow está apostando em um clima bem mais sombrio que suas antecessoras. Oliver agora tem muito menos, mas seus inimigos ainda não sabem disso.

Uma das coisas que Oliver tem a menos é uma companheira, e o episódio faz questão de mostrar os efeitos da morte dela para todo mundo. Sara foi importante na série, e os efeitos de sua morte também estão sendo.

Quem mais ficou afetada pela morte de Sara foi, impressionantemente, Felicity. O inesperado sentimento faz sentido: Felicity sempre teve muito respeito à Sara, mesmo quando elas discutiam. 

Do outro lado, temos a trama do episódio. Com menções do tipo "Rua Lemire", vemos o vilão Komodo (criado por, duh, Jeff Lemire). Personagem introduzido nos Novos 52 em 2013, ele é BEM diferente do seriado. Admito que fiquei um pouco decepcionado, tendo em vista que a saga que o Komodo inicia nos quadrinhos é uma das melhores das quais Oliver Queen já passou. Felizmente, algum dia Lacroix pode voltar.

Os flashbacks já começaram a se mostrar interessantes com a aparição de um personagem que poucos
esperavam ver. Hong Kong está trilhando os passos de nosso atual Oliver, dando um ar misterioso para o passado.

O episódio não teve muito conteúdo. A luta de Oliver com Lacroix foi muito interessante, porém, a atuação de Laurel acaba interferindo um pouco em um dos momentos que deveriam apostar no emocional da personagem. Tudo bem, nada muito grande. Ao menos, começamos a ver que Laurel pode, enfim, começar sua caminhada para se tornar a Canário Negro. Roy ficou muito bem no episódio, com mais tempo em tela do que no episódio anterior.

Com, novamente, um final impressionante que te OBRIGA ver o próximo episódio, a terceira temporada de Arrow aposta em roteiros mais sólidos, sem muita reviravoltas (tirando cenas finais). Não tem como negar que esse formato atrasa um pouco a série, ela parece estar se desenvolvendo mais lentamente do que as anteriores, mas isso não é necessariamente ruim. Afinal, serão 22 episódios.


Nota 8. A força de uma morte.
Aonde o episódio acerta: Os efeitos da morte de Sara, Felicity, Thea, Roy
Aonde o episódio erra: Laurel, não utilizarem muito bem o Komodo (Lacroix), pouco conteúdo no episódio

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Sweet Tooth #02

Estava bastante ansioso para saber o que sairia desta HQ no segundo episódio. A primeira edição foi boa, e poderia esperar tanto uma estagnação da história, como uma reviravolta. Felizmente, o melhor aconteceu.

Invasão - Por onde começar a ler X-Men

O grupo mutante X-Men é um dos maiores títulos da Marvel e sempre compete pela liderança de maior número de edições vendidas da editora e isso é um reflexo da qualidade de seus personagens e histórias.

ESPECIAL: Constantine - Ordem de leitura!

Com tanta série vindo por aí, querer conhecer um pouco mais do que está chegando pode parecer uma boa ideia. Saiba o que ler para ter um conhecimento sobre o  mago inglês mais famoso da DC Comics e estar preparado para o que pode vir a ter na série.