Avançar para o conteúdo principal

Arrow S02E13 [Heir to the Demon]

Com alguns dos muitos pontos em aberto finalmente concluídos, "Heir to de Demon" expande ainda mais o universo de Arrow e dos quadrinhos em seriados. Veja o que achamos do episódio aqui, no Crise, mas cuidado! A review pode apresentar Spoilers.

Chegando com um começo já muito do conturbado, "Heir to the Demon" vem para nos entregar a conclusão de uma das principais tramas da temporada: a Canário Negro.

Com a vinda de uma das integrantes da Liga dos Assassinos para resolver os assuntos com Sarah, o episódio vem para nos mostrar que o que acontece em "Starling City" não é mais só de lá. A visitante da vez é Nyssa Al Ghul. Por mais que divida o nome "Nyssa" e seja filha de Ra's, ela não é Nyssa Raatko dos quadrinhos. Além de deixar bem claro que é "Nyssa Al Ghul, a Herdeira do Demônio", ela tem relações importantes e delicadas com Sarah.

Os produtores e diretores da série acertaram em não adaptarem "ao pé da letra" Nyssa Raatko. Protagonizada por uma bela atriz com uma atuação exímia, a nova Nyssa (Al Ghul) veio para
conseguir resolver situações da trama da temporada que seriam difíceis sem uma "ajudinha". Seja pela menção à Nanda Parbat - lar de Ra's Al Ghul - ou por finalmente conseguir explicar momentos da família de Laurel e Sarah.

A relação de Sarah, Laurel e Quentin Lance também teve uma melhora significativa e entendemos o porque de tanta ambiguidade em torno de Laurel. A personagem estava sendo preparada para o décimo terceiro episódio até agora.

Moira voltou a ter sua importância no episódio, e como sempre, ela é uma personagem que vem para chocar. Por mais que a personagem ainda não tenha conseguido convencer com a história de "concorrer contra Sebastian Blood", felizmente seus momentos juntos à Felicity são impressionantes. A tensão entre as personagens é grande e satisfatória, do início ao fim.

O episódio não trouxe tanto conteúdo novo como os anteriores, e por mais que tenha resolvido algumas (poucas) situações em aberto, Sara, Nyssa e Laurel foram as principais do episódio. Ver a Canário voltando à briga é muito gostoso, e no final, temos a certeza que ela veio para ficar. Por outro lado, os Flashbacks não apresentaram a história da ilha, porém de antes dela. Mostra como foi para a família Lance a saída e despedida de Sara, assim como o recebimento da notícia de sua "morte".

Outra situação que deixou um pouco a desejar no episódio foi a explicação rasa e simples do relacionamento de Sarah com Nyssa. Talvez, se deixasse para ser resolvida a trama no próximo episódio e mostrasse no melhor estilo dos flashbacks como elas se conheceram e tiveram o seu relacionamento, alguns dos principais momentos do episódio teriam sido bem mais impressionantes.


Terminando o assunto sobre Sara: O momento final dela com Oliver foi empolgante e animador. Já sabemos o que vem por aí, não? E vi também aquele logo da A.R.G.U.S. no computador no começo do episódio... O que será que estão planejando? Disso não sabemos, mas o que tivemos a certeza foi que Slade Wilson já irá dar seus primeiros passos. Estou contando os dias para ver isso.


Nota 8.2. Mostrando o retorno de Canário Negro à ação, o episódio é uma boa adição a segunda temporada da série e marca uma parada no turbilhão de informações que foram os episódios anteriores.
O episódio acerta: Felicity, Oliver e Sarah, os flashbacks que explicaram mais sobre a situação dos Lance, os primeiros passos de Slade no presente.
O episódio erra: A falta de cuidado com a relação de Sarah e Nyssa, não mostrar nada sobre a ilha, a personagem "Moira Queen" e sua trama um pouco maçante.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Invasão - Por onde começar a ler X-Men

O grupo mutante X-Men é um dos maiores títulos da Marvel e sempre compete pela liderança de maior número de edições vendidas da editora e isso é um reflexo da qualidade de seus personagens e histórias.

ESPECIAL: Constantine - Ordem de leitura!

Com tanta série vindo por aí, querer conhecer um pouco mais do que está chegando pode parecer uma boa ideia. Saiba o que ler para ter um conhecimento sobre o  mago inglês mais famoso da DC Comics e estar preparado para o que pode vir a ter na série.

Supergirl, Lanterna Vermelha

Não é de hoje que a Supergirl tem alguns problemas em controlar sua raiva e alguns sentimentos mais fortes e, de acordo com o novo escritor de Supergirl, Tony Bedard diz que Kara vai evoluir de uma adolescente cheia de raiva para uma adulta, defensora da Terra. Mas primeiro, ela tem que se livrar dessa fúria da juventude! Cuidado com os spoilers: