Avançar para o conteúdo principal

Supergirl, Lanterna Vermelha


Não é de hoje que a Supergirl tem alguns problemas em controlar sua raiva e alguns sentimentos mais fortes e, de acordo com o novo escritor de Supergirl, Tony Bedard diz que Kara vai evoluir de uma adolescente cheia de raiva para uma adulta, defensora da Terra. Mas primeiro, ela tem que se livrar dessa fúria da juventude! Cuidado com os spoilers:

Raiva e Ira significam muitas coisas, mas num universo cheio de sentimentos  e seres igualmente poderosos como o da DC, essas duas palavras são amarradas a outras duas, Lanternas Vermelhos. E justamente quando a Tropa Vermelha está assumindo o posto de protetor do setor 2814 - e da Terra-, Supergirl consegue um anel vermelho.


E como um resultado claro, os fãs da super garota poderão ler suas aventuras tanto nas páginas de Lanternas Vermelhos, quanto na atual linha da Supergirl, com a fase Red Daughter of Krypton, A Filha Vermelha de Krypton.

Com as publicações mensais de Supergirl pela Panini e os encadernados de Lanternas Vermelhos, em cerca de 10 meses e alguns arranjos nas publicações, teremos essa nova saga.

Confira algumas das capas desse evento e um desenho irado de Yildiray Cinar.



Fo-da!

Comentários

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

ESPECIAL: Constantine - Ordem de leitura!

Com tanta série vindo por aí, querer conhecer um pouco mais do que está chegando pode parecer uma boa ideia. Saiba o que ler para ter um conhecimento sobre o  mago inglês mais famoso da DC Comics e estar preparado para o que pode vir a ter na série.

Invasão - Por onde começar a ler X-Men

O grupo mutante X-Men é um dos maiores títulos da Marvel e sempre compete pela liderança de maior número de edições vendidas da editora e isso é um reflexo da qualidade de seus personagens e histórias.

Primeira Edição: a Kryptonita Rosa

Hoje vamos falar da maior fraqueza do Superman: a kriptonita. Aquela rocha saída do núcleo de Krypton, depois que tudo explodiu. A pedra uma certa radiação que faz um mal danado ao escoteiro azul. Com algumas variações, azul, vermelha, branca e dourada, a kryptonita tem uma irmã que nem todo mundo conhece.