Avançar para o conteúdo principal

Sid-Caverna: Nova Marvel

Sejam bem-vindos a mais um Sid-Caverna meus grandes amigos!

Dessa vez vamos falar sobre uma coisa bem diferente do que estamos acostumados por aqui, uma editora que muitos de vocês odeiam, outros conhecem pouco e alguns outros adoram: a Marvel!


Primeiramente vou falar sobre a minha história pessoal com a Marvel.
Como vocês já devem saber eu cresci lendo Batman e Lanterna Verde, mas as vezes eu também lia algumas revistas do Homem-Aranha e dos X-Men, o problema é que sempre foi muito difícil entender aquelas histórias e a sua cronologia surtada. A cada revista dos X-Men que eu lia eu via uma equipe diferente, isso é demais pra uma criança!


Com o tempo o meu favoritismo pelas HQ's da DC veio a tona, mas eu continuei tendo contato com a Marvel pelo cinema, pelas grandes sagas da editora (Guerra Civil, Hulk Contra o Mundo, Aniquilação,etc) e pelas revistas do Justiceiro.

Recentemente, quando a Nova Marvel chegou aqui no Brasil, eu penso e vejo que é a oportunidade perfeita de finalmente conseguir entender e quem sabe até acompanhar esse universo completamente novo pra mim.
E é exatamente sobre as revistas que eu li e o que eu achei delas que eu vou falar agora:

Universo Marvel:

Esta foi a primeira revista lançada da Nova Marvel pela Panini, tendo um formato grande com 6 histórias por edição.
Thunderbolts chega prometendo ser uma equipe completamente surtada e sanguinária com nada menos do que uma equipe composta por: Justiceiro, Hulk Vermelho, Elektra, Deadpool e Venom. A história começa divertida e conta com os incríveis desenhos de Steve Dillon.
O Indestrutível Hulk vem depois com desenhos espetaculares de Leinil Yu e mostra uma temática completamente diferente da usual: O Hulk aliado da Shield.
Quarteto Fantástico segue em meio a mediocridade da histórias e os desenhos fraquíssimos de Mark Bagley.
Fundação Futuro segue o mesmo rumo que a passada, mas conta com os desenhos únicos e belos de Mike Allred.
Então chega o novo Nova, o maior super herói espacial da Marvel, escrito por Jeph Loeb.
Sem dúvida é um dos melhores pontos da revista, pois finalmente podemos acompanhar desde o começo o surgimento de um novo herói em meio a um universo cósmico tão fascinante.
E por fim, e não menos importante temos os Guardiões da Galáxia!
Com a primeira edição focando na história de origem do Senhor das Estrelas e terminando com a equipe dos Guardiões da Galáxia aceitando ninguém menos que o Homem de Ferro em suas jornadas espaciais. Este é um dos melhores títulos da Nova Marvel sem dúvida.

Avante, Vingadores!:
 
Pessoalmente, eu já desisti dessa revista, mas quem sabe vocês podem gostar.
Os Fabulosos Vingadores surgem conforme o fim da saga Vingadores Vs X-Men pediu, com uma equipe de mutantes e vingadores juntos. Conta com belíssimos desenhos de John Cassaday mas tem uma trama um tanto quanto forçada.
Vingadores: Arena é a parte mais original e interessante da revista, pois coloca os jovens heróis da Marvel em um jogo mortal no melhor estilo "Jogos Vorazes".
Avante, Vingadores! em contraparte é uma revista completamente comercial e desnecessária, sendo somente uma tentativa da Marvel de fazer sua equipe super lucrativa dos cinemas ganhar mais dinheiro nos quadrinhos.

Vingadores:

Eu não gosto dos Vingadores, não acho que é uma equipe boa e dificilmente alguém vai me convencer do contrário. Mas tenho que reconhecer que até uma equipe fraca pode ter história incríveis com um bom roteiro.
Vingadores começa maravilhosamente bem, com a equipe principal dos Vingadores levando uma surra épica de seres espaciais quase "divinos". E após esse momento o Capitão América e o Homem de Ferro são obrigados a recrutar novos heróis extremamente interessantes para a equipe. E tudo isso com os desenhos incríveis de Jerome Openã.
Os Novos Vingadores tem uma proposta muito diferente do que eu esperava, pois é focada no Pantera Negra encontrando um novo e misterioso inimigo. Essa revista promete mostrar as relações de poder dos heróis mais influentes do universo Marvel: Os Illuminati.

Capitão América e Gavião Arqueiro:

A revista do Capitão América acaba sendo diferente de tudo visto anteriormente aqui, pois mostra o passado do herói enquanto o mesmo se encontra em um mundo alienígena inóspito e ameaçador. A idéia é mostrar o Capitão América como um herói "fora de seu tempo" e planeta.
Vingadores Secretos é a revista da Shield, com foco no Nick Fury e seus dois agentes favoritos: A Viúva Negra e o Gavião Arqueiro. Revista um tanto quanto fraca e sem muita originalidade.
Agora sim! Gavião Arqueiro é uma coisa completamente sensacional!
Indicada ao prêmio Eisner como melhor série a revista segue a vida de Clint Barton se equilibrando em ser um morador comum de Nova York, um herói e um vingador.
Recomendadíssima! 


Homem de Ferro e Thor:

Homem de Ferro é outro herói que eu não tinha expectativa de ler nada bom sobre, mas a revista consegue ser extremamente divertida e interessante. Tony acaba sendo obrigado a enfrentar os erros do seu próprio passado e enfrenta muitos desafios intensos logo na primeira edição.
Thor: O Deus do Trovão é uma revista que ultrapassa qualquer avaliação.
Desenhando pelo espetacular Esad Ribic, a história mostra Thor enfrentando o mesmo inimigo em três diferentes eras. Com uma narrativa incrível e uma arte monstruosa, essa revista se torna instantaneamente um item de colecionador.

 
Wolverine: 

Vou ser bem sincero, eu não gosto do Wolverine, sempre achei o personagem com uma personalidade rasa demais. Sempre oscilando entre a fúria, solidão e paixão.
Ultimamente ele tem tentado ser uma pessoa menos furiosa e mais responsável, oque só torna o personagem mais chato.
Wolverine começa com Logan enfrentando um homem em um shopping com uma arma mortal alienigena. Completamente desinteressante.
E Wolverine e os X-Men mostra a dinâmica da escola de mutantes do Wolverine. Essa série não sofreu qualquer reinício, pois foi praticamente impossível para mim entender qualquer coisa nessa história.

X-Men:

Eu sempre quis ler X-Men! 
Desde criança eu sempre quis conseguir ler X-Men e entender oque se passava. E finalmente chegou a hora!
Sendo uma sequência direta dos Vingadores Vs X-Men, Os Novíssimos X-Men contam com ninguém menos do que os X-Men originais que vieram do passado para deter o Ciclope do presente com a sua "Revolução Mutante".
Ciclope que agora é visto como um vilão na Marvel, tem o foco na revista dos Fabulosos X-Men, onde ele, Emma Frost, Magneto e Magia lutam contra a opressão social do mundo a favor dos novos mutantes, que surgem a todo momento na Terra.
Essa acaba sendo a minha favorita dentre todos os títulos da Nova Marvel, não somente pela ansiedade que eu tinha para ler essa revista, mas também pelo excelente roteiro que mostra que os X-Men são sim, o melhor grupo de super-heróis dos quadrinhos.

Homem-Aranha Superior:

Peter Parker não é mais o Homem-Aranha!
Otto Octavius, o Doutor Octopus fez a armadilha perfeita para o Aranha e conseguiu nada menos do que trocar de corpo com o seu inimigo.
Peter acaba morrendo com sua mente presa dentro do corpo de seu falecido inimigo, e Octavius jura se tornar um novo herói, um herói muito melhor do que Peter jamais foi: 
O Homem-Aranha Superior!
O que era uma premissa absurda acaba sendo uma revista extremamente divertida, original e interessante. Pois Octavius é um Aranha completamente diferente de Peter, em todos os aspectos possíveis. E isso trás possibilidades criativas que ninguém nunca tinha imaginado antes.
Homem-Aranha Vingador segue no mesmo estilo, mas promete mostrar o novo herói se relacionando com os outros heróis da Marvel.

Bem, pra finalizar eu devo dizer que estou gostando muito desse "reboot" da Marvel e que vocês, fãs absolutos da DC, deveriam dar uma chance e ver que o mundo dos super-heróis pode ser muito maior do que a gente imaginava.


Comentários

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

ESPECIAL: Constantine - Ordem de leitura!

Com tanta série vindo por aí, querer conhecer um pouco mais do que está chegando pode parecer uma boa ideia. Saiba o que ler para ter um conhecimento sobre o  mago inglês mais famoso da DC Comics e estar preparado para o que pode vir a ter na série.

Primeira Edição: a Kryptonita Rosa

Hoje vamos falar da maior fraqueza do Superman: a kriptonita. Aquela rocha saída do núcleo de Krypton, depois que tudo explodiu. A pedra uma certa radiação que faz um mal danado ao escoteiro azul. Com algumas variações, azul, vermelha, branca e dourada, a kryptonita tem uma irmã que nem todo mundo conhece.

Invasão - Por onde começar a ler X-Men

O grupo mutante X-Men é um dos maiores títulos da Marvel e sempre compete pela liderança de maior número de edições vendidas da editora e isso é um reflexo da qualidade de seus personagens e histórias.