Avançar para o conteúdo principal

Esquadrão Suicida #0

Esquadrão Suicida #00 - mix Panini
Nota total: 5,0

Diretamente das páginas de Dark, Ressurreição mescla sua história na do Esquadrão Suicida, enquanto Waller guarda segredos e, por incrível que pareça, não é a maioral. A origem do Esquadrão se sobressai, mostrando como surgiu a ideia da equipe suicida. Veja o que achamos:


Ressurreição #08-09 - Caçada Humana / Calor de Morte

Como não sou eu quem cuidava das reviews de Mitch Shelley, não sei muito o que raios está acontecendo haha Mas vamos lá.

Com aparição do Esquadrão Suicida (por isso essas duas edições foram colocadas aqui), temos Shelley procurando por respostas, assim como muitos dos roteiros falhos que temos por aí, com uma adição de porradaria sem parar e uma homenagem ao T1000.

Roteiro (Andy Lanning & Dan Abnett) e arte (Jesus Saiz & Andres Guinaldo) nunca foram o forte de Ressurreição e continua não sendo, só mais 4 edições e nos veremos livres dessa publicação. Nota 2,0


Esquadrão Suicida #08-12

Enquanto se mescla com Ressurreição, o Esquadrão termina uma missão atrás da outra, sempre sofrendo a doença das perguntas não respondidas. Quinzel volta ao time logo após sua crise, motivo do arco anterior.

Agora o verdadeiro inimigo é a instituição Basilisco, uma espécie de Genosha. Esse novo arco se baseia em um inimigo infiltrado no time, trazendo desconfiança e conflitos entre seus membros. Adam Glass faz um bom trabalho nos argumentos, junto dos traços do artista Fernando Dagnino. Nota 7,0


Esquadrão Suicida #00 - Ponto sem volta

Mostrando a origem dos Esquadrão, era de se pensar que poderíamos ver o antigo look da atual femme fatale, Amanda Waller, mas ela 'sempre' bem inteirona. E é nela que essa história de origem é focada.

Amanda é nada mais que uma ser humano comum, porém bem treinando em todos seus aspectos e isso é mostrado até o fim em Esquadrão Suicida #0, a colocando em situações que escolhas difíceis tem de ser feitas. Por fim, como uma desculpa para não perder mais bons soldados, ela surge com a ideia do Esquadrão. Nota 6,0



Tem promoção nova no Crise, quer levar A Piada Mortal na faixa? Siga as instruções ;) goo.gl/6QTCYg

Comentários

Mensagens populares deste blogue

ESPECIAL: Constantine - Ordem de leitura!

Com tanta série vindo por aí, querer conhecer um pouco mais do que está chegando pode parecer uma boa ideia. Saiba o que ler para ter um conhecimento sobre o  mago inglês mais famoso da DC Comics e estar preparado para o que pode vir a ter na série.

Primeira Edição: a Kryptonita Rosa

Hoje vamos falar da maior fraqueza do Superman: a kriptonita. Aquela rocha saída do núcleo de Krypton, depois que tudo explodiu. A pedra uma certa radiação que faz um mal danado ao escoteiro azul. Com algumas variações, azul, vermelha, branca e dourada, a kryptonita tem uma irmã que nem todo mundo conhece.

Invasão - Por onde começar a ler X-Men

O grupo mutante X-Men é um dos maiores títulos da Marvel e sempre compete pela liderança de maior número de edições vendidas da editora e isso é um reflexo da qualidade de seus personagens e histórias.