Avançar para o conteúdo principal

Universo DC #15

Universo DC #15 - mix Panini
Nota total: 5,0

Mais gorilas, Robin contra Robin, mais histórias do Arqueiro Chorume e o desenvolvimento do cénario da Terra 2. O que realmente temos de agradecer, é a vida de Jack Kirby, relembrado nesse volume de Mulher-Maravilha.




Mulher Maravilha #15 - O Fardo de um Deus

Mais um dos meio-irmãos de Diana é apresentado e a princesa finalmente se encontra, cara a cara, com Órion. Enquanto isso, Zola e Hera começam a se entender.

Passando para a outra visão da história, aquele homem enorme que foi tirado do meio do gelo, revela sua verdadeira idêntidade e, parece, que essa saga da Princesa está próxima de um fim. Nota 8,0



Flash #15 - Guerra dos Gorilas, parte 3: Avançando

Solovar continua vivo? Com a ajuda dele e do Peão, Patty salva o Flash e descobre sua identidade secreta, Barry Allen. O irmão de Iris ainda corre pela cidade, perdido, tentando salvar a própria pele, mas não é bem isso que ele consegue.

Descobrimos como raios (risos), Grodd conseguiu a força de aceleração e Barry tem uma visão de como acabar com a invasão.

Com participação artística de Marcus To e Ryan Winn, Manapul desenha apenas metade dessa edição(a parte mais bonita, claro). A dupla continua intacta nos roteiros, mostrando cada vez melhor a corrida do Flash nesses Novos 52. Nota 7,0



Gavião Negro #15 - Procura-se Gavião Negro, parte 5: O Fim da Caçada

A porradaria come solta com Gavião Negro e Exterminador, contra os mercenários em mancomuna com a princesa gavião. Num ataque de amor e fúria, ele derrota os inimigos para buscar sua amada e, obviamente, cai numa armadilha.

Mais uma edição com o cheiro característico do Liefeldnismo, porrada porrada porrada, vilão no final! Sem muito o que acrescentar a continuidade do Gavião Negro, o roteiro continua um chove não molha bem degradante. Apesar de tudo, a arte de Joe Bennett mantém o nível com os argumentos. Nota 5,0



Arqueiro Verde #15-16 - Tormento & Batalha por Seattle

Entre uma história de amor, apreensão de armas da máfia e rinha entre cachorros e humanos, isso é o que o Arqueiro Verde tem de passar antes de sua tão esperada mudança de equipe criativa, dando adeus a Ann Nocenti.

Enquanto Oliver não tem mais dinheiro para p*rra nenhuma, ele tem usado suas antigas flechas de treino para lutar contra o crime... Mas que desculpinha, ein? Dava pra fazer algo melhor, que fosse digno de comentários. Nota 2,0


Melhores do Mundo #06 - Assuntos de Família

Quem não precisa mudar de identidade de vez em quando? Bem na hora em que Caçadora decide fazer isso, ela é descoberta por ninguém menos que Damian Wayne, o filho do Batman e atual Robin, ou seja, irmão de sangue e farda de Helena.

A história desenvolve um relacionamento entre os dois, com alguma conversa durante uma famosa troca de socos e chutes, até que o meio obvio acontece. Será que um terceiro se juntará a dupla? Nota 6,0



Terra 2 #07 - Enviado do Céu

Alan sofre com sua perda, Kendra tenta o início de uma amizade e consegue(?) atiçar a vontade do Lanterna Verde, que deveria estar salvando o mundo.

Do outro lado, temos a apresentação dos Sandmen, uma equipe de "fantasmas" táticos, a serviço do Exército Mundial, que está em uma crise em seu interior, com uma disputa entre os dois mandantes da instituição. Ao que parece, teremos alguma coisa relacionada ao Tornado Vermelho. Nota 6,0

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Invasão - Por onde começar a ler X-Men

O grupo mutante X-Men é um dos maiores títulos da Marvel e sempre compete pela liderança de maior número de edições vendidas da editora e isso é um reflexo da qualidade de seus personagens e histórias.

ESPECIAL: Constantine - Ordem de leitura!

Com tanta série vindo por aí, querer conhecer um pouco mais do que está chegando pode parecer uma boa ideia. Saiba o que ler para ter um conhecimento sobre o  mago inglês mais famoso da DC Comics e estar preparado para o que pode vir a ter na série.

Supergirl, Lanterna Vermelha

Não é de hoje que a Supergirl tem alguns problemas em controlar sua raiva e alguns sentimentos mais fortes e, de acordo com o novo escritor de Supergirl, Tony Bedard diz que Kara vai evoluir de uma adolescente cheia de raiva para uma adulta, defensora da Terra. Mas primeiro, ela tem que se livrar dessa fúria da juventude! Cuidado com os spoilers: