Avançar para o conteúdo principal

Aves de Rapina #0

Aves de Rapina #0 - encadernado
Nota total: 7,75

Traições, origens, espionagem, Noite das Corujas, Floresta Amazônica e muito Kung Fu das mais lindas mulheres do DCverso. E o melhor de tudo, o Pinguim! Contando com as edições de 8 a 12, vemos o grupo no comando de Hera Venenosa e, em sua edição Zero, como as Aves se conheceram?








Aves de Rapina #08 - 12

Enquanto Sturnia investiga umas paradas, Canário, Katana e Batgirl apanham de uma gangue feita especificamente para capturá-las.

De um capítulo para o outro, a história muda quase que completamente, agora estamos na Noite das Corujas e as Aves enfrentam um dos Garras, criaturas sem alma, reanimadas para a Noite. Dessa vez, a mudança de arco se encaixa bem, passando direto para uma abordagem direta a Hera Venenosa.

A Dra. Pamela Lillian Isley tem pouco tempo de vida e, tramando com suas companheiras de equipe, decide chantageá-las com a mesma cina, para que juntas, possam impedir empresas de destruir o mundo enquanto elas ainda vivem e, achar uma cura para a linda mulher-arbusto. O que vimos, é que Katana não ficou nada feliz com isso.

Passando pela mão de diversos artistas, tendo Jesús Saiz só na
primeira e Travel Foreman nas três seguintes, a qualidade da arte oscila bastante, até dar uma melhorada nas mãos de Cliff Richars.
O roteiro de Duane Swierczynki (que nome é esse, cara...) é bem constante, apesar do pequeno deslize. Nota 6,5


Aves de Rapina #0 - Primeiro Voo

Agindo infiltrada, a ex-espiã Dinah Lance arranja um emprego como leão de chácara de Oswald Cobblepot, o lindo, o pitelzinho, o gelado, Pinguim. É lá que ela conhece sua futura parceira Sturnia. Enquanto ela tenta flagrar uma negociação ilegal, para prender uns bandidos e começar a sua carreira como nova 'mascarada' de Gotham, Canário acaba esbarrando com Batgirl, mais uma de suas futuras companheiras e melhores amigas.

A trama de Swierczynki se desenvolve bem, dando a aparência certa para um primeiro encontro das Aves de Rapina, no que seria o submundo da Cidade de Gotham. Romano Molenaar fica com a parte artística, nos trazendo as voluptuosas mulheres e até mesmo uma cena bem Bond girl de nossa linda Canário Negro. Nota 9,0

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Invasão - Por onde começar a ler X-Men

O grupo mutante X-Men é um dos maiores títulos da Marvel e sempre compete pela liderança de maior número de edições vendidas da editora e isso é um reflexo da qualidade de seus personagens e histórias.

ESPECIAL: Constantine - Ordem de leitura!

Com tanta série vindo por aí, querer conhecer um pouco mais do que está chegando pode parecer uma boa ideia. Saiba o que ler para ter um conhecimento sobre o  mago inglês mais famoso da DC Comics e estar preparado para o que pode vir a ter na série.

Supergirl, Lanterna Vermelha

Não é de hoje que a Supergirl tem alguns problemas em controlar sua raiva e alguns sentimentos mais fortes e, de acordo com o novo escritor de Supergirl, Tony Bedard diz que Kara vai evoluir de uma adolescente cheia de raiva para uma adulta, defensora da Terra. Mas primeiro, ela tem que se livrar dessa fúria da juventude! Cuidado com os spoilers: