Avançar para o conteúdo principal

Novos Titãs & Superboy #07

Novos Titãs & Superboy #07 - mix Panini
Nota: 5,0

Perguntas, aceitação, novos planos e muita porrada, Superboy continua na mesma de sempre. Seguindo logo atrás, em Novos Titãs, o grupo invade a Momentum e revela mais um super vilão.




Superboy #07 - Rosa Indomada

Com o título em referência a Rose Wilson, a Devastadora, temos uma luta entre ela e Superboy, onde o seu poder de telecinesia tátil se mostra graficamente como o Cérebro, dos X-Men. Continuando, ele é capturado graças a fraqueza de todos que ostentam o glorioso S no peito, Kryptonita. Concluindo, temos a breve aparição, de uma Fairchild indignada e Cassie se infiltrando na base.

Embora o esforço de seguir a mesma cronologia de Novos Titãs, o roteiro se estagna e não demonstra nenhum sinal grande de desenvolvimento até agora. Quando a arte de R.B. Silva se acostuma nos olhos, você começa a enxergar a mediocridade, tanto em estilo, quanto em anatomia. Rostos desproporcionais e posições nada agradáveis. Quanto ao fill-in Iban Coello, pode-se perceber nas páginas 12, 19 e 20, uma arte muito mais abundante. Será que ele só veio por conta de atrasos por parte do artista principal ou ele vai tomar seu lugar? Nota 5,0

E alí na hora em que Superboy encontra os outros clones, será que temos uma referência ao Gen¹³?


Novos Titãs #07 - Ataque Contra o Projeto 13

Mais uma vez, eu pregunto: Será que poderemos ser surpreendidos com uma continuidade mesclada ao antigo Gen¹³? Já temos Fairchild, os clones e agora esse título. Bora fazer o que mais fizemos nesses Novos 52, esperar pra ver no que da, o que nem sempre, é coisa boa.

Mostrando a insegurança da Moça-Maravilha Cassie e focando, mais uma vez, em Bart Allen, temos uma edição que começa de onde Superboy#7 parou, o grupo resgata o garotão de aço e, ao tentar fugir, é encurralado por Colheita, o criador da Momentum.

Assim como sugerido no final da revista, uma reformulação mais detalhada do Kid Flash pode acabar acontecendo, já que ele tem uns flashes de uma memória que, supõe-se não, ser ou não ser dele. Nota 5,0

Comentários

Mensagens populares deste blogue

ESPECIAL: Constantine - Ordem de leitura!

Com tanta série vindo por aí, querer conhecer um pouco mais do que está chegando pode parecer uma boa ideia. Saiba o que ler para ter um conhecimento sobre o  mago inglês mais famoso da DC Comics e estar preparado para o que pode vir a ter na série.

Invasão - Por onde começar a ler X-Men

O grupo mutante X-Men é um dos maiores títulos da Marvel e sempre compete pela liderança de maior número de edições vendidas da editora e isso é um reflexo da qualidade de seus personagens e histórias.

Primeira Edição: a Kryptonita Rosa

Hoje vamos falar da maior fraqueza do Superman: a kriptonita. Aquela rocha saída do núcleo de Krypton, depois que tudo explodiu. A pedra uma certa radiação que faz um mal danado ao escoteiro azul. Com algumas variações, azul, vermelha, branca e dourada, a kryptonita tem uma irmã que nem todo mundo conhece.