Avançar para o conteúdo principal

Esquadrão Suicida & Aves de Rapina #05

Esquadrão Suicida & Aves de Rapina - #05 Panini
(Nota: 7,5)

Esquadrão Suicida #5:

Esse número do Esquadrão é totalmente surpreendente, principalmente pelo fato que depois de quatro edições não dá pra esperar milagres na revista.
E eu estava completamente enganado sobre isso.

A edição está lotada de ação e é intensamente sanguinária. Mas o roteirista foi sábio e focou a ação de personagem por personagem, mostrando a personalidade e motivações deles em meio a uma carnificina.
E com tantos personagens tendo grandes momentos, é o El Diablo que acaba sendo o astro da edição com sua demonstração incrível de poder.

Por fim, o super grupo criminoso vai rumo a um arco que promete ser muito interessante: A Caçada pela Arlequina!

 
Momento Tocha-Humana


Aves de Rapina #5:

O começo desse capítulo é tão estranho pra nós leitores quando para as personagens da revista, sendo que após o final da edição passada nenhuma delas tem a menor idéia do que diabos acontece.

E com esse clima de intenso mistério a edição acaba por focar na rotina das personagens. Na qual se destaca a Sturnia e a Hera Venenosa, algo que promete ser mais trabalhado nos próximos número da revista.

Apesar de ser uma pausa um pouco aflitiva na história, é uma edição que aumenta o carisma das heroínas e eleva a curiosidade para ver onde esse mistério vai dar.

Crítica por: Sid

Comentários

Mensagens populares deste blogue

ESPECIAL: Constantine - Ordem de leitura!

Com tanta série vindo por aí, querer conhecer um pouco mais do que está chegando pode parecer uma boa ideia. Saiba o que ler para ter um conhecimento sobre o  mago inglês mais famoso da DC Comics e estar preparado para o que pode vir a ter na série.

Invasão - Por onde começar a ler X-Men

O grupo mutante X-Men é um dos maiores títulos da Marvel e sempre compete pela liderança de maior número de edições vendidas da editora e isso é um reflexo da qualidade de seus personagens e histórias.

Supergirl, Lanterna Vermelha

Não é de hoje que a Supergirl tem alguns problemas em controlar sua raiva e alguns sentimentos mais fortes e, de acordo com o novo escritor de Supergirl, Tony Bedard diz que Kara vai evoluir de uma adolescente cheia de raiva para uma adulta, defensora da Terra. Mas primeiro, ela tem que se livrar dessa fúria da juventude! Cuidado com os spoilers: