Avançar para o conteúdo principal

Batman #08

Batman - #08 Mix Panini  (Nota: 7,0)
 
Batman #8:

O ataque começa! Finalmente o arco da Corte das Corujas toma proporções épicas ameaçando toda Gotham City.
Bruce Wayne se recupera do recente ataque da Corte, quando em uma situação desesperadora sua mansão é atacada por diversos soldados da Corte.



Enquanto Bruce luta por sua vida, Alfred envia um sinal alertando todos os aliados do Morcego do ataque das Corujas por toda Gotham, iniciando assim o crossover da Noite das Corujas.

A grande surpresa é ver o brasileiro Rafael Albuquerque assumindo os desenhos da segunda parte da edição.
Essa edição que basicamente marca o ápice de um dos maiores arcos da história do Batman, e ainda conta com dois grandes artistas da qualidade.

Pra ficar melhor que isso só faltava uma participação do Neil Gaiman no roteiro!
E agora, Corujas?



Batman: The Dark Knight #8:

Sim! Só de ver que não é o Finch desenhando ou escrevendo essa edição eu me regojizo em completa e intensa alegria!
Mas mesmo assim, a revista continua ruim...

Joe Harris cria uma história de uma edição extremamente simplória, sendo um caso com uma solução extremamente medíocre, o Batman praticamente não precisou pensar nessa edição.

O brasileiro Ed Benes desenha esta edição, e apesar de fazer um trabalho infinitamente superior ao do Finch, a sensação de pressa é grande. Com cenários e quadros vazios e simples demais, as cenas em Gotham e na Bat-Caverna são tristes de tão desertas.


Detective Comics #8:

Primeiramente: Essa capa é maravilhosa!
Deveriam ter colocado ela como uma das capas alternativas. Mancada da Panini.

Essa edição da Detective Comics está sofrendo o exato mesmo problema que a Dark Knight logo acima:
Novamente uma história básica com uma conclusão vergonhosa.


O fato de aparecer vários personagens do universo do Morcego até deixa a revista mais legal, mas a penúltima página consegue estragar tudo.
Mas de novo, é uma história que o Batman não pensa, só bate nos bandidos e segue em frente.

Escritores de ambas HQ's dessa edição provam que são incapazes de escrever uma história de 20 páginas digna de uma boa nota.

Crítica por: Sid

Comentários

Mensagens populares deste blogue

ESPECIAL: Constantine - Ordem de leitura!

Com tanta série vindo por aí, querer conhecer um pouco mais do que está chegando pode parecer uma boa ideia. Saiba o que ler para ter um conhecimento sobre o  mago inglês mais famoso da DC Comics e estar preparado para o que pode vir a ter na série.

Primeira Edição: a Kryptonita Rosa

Hoje vamos falar da maior fraqueza do Superman: a kriptonita. Aquela rocha saída do núcleo de Krypton, depois que tudo explodiu. A pedra uma certa radiação que faz um mal danado ao escoteiro azul. Com algumas variações, azul, vermelha, branca e dourada, a kryptonita tem uma irmã que nem todo mundo conhece.

Invasão - Por onde começar a ler X-Men

O grupo mutante X-Men é um dos maiores títulos da Marvel e sempre compete pela liderança de maior número de edições vendidas da editora e isso é um reflexo da qualidade de seus personagens e histórias.