Avançar para o conteúdo principal

Batman #05

Batman - #05 Mix Panini  (Nota: 8,0)

Batman #5:

A primeira grande virada de arco finalmente começa nessa edição: Bruce foi capturado pela Corte das Corujas e terá que passar por uma das situações mais desesperadoras da sua vida.

A edição começa mostrando todos os aliados do Morcego em sua busca sem sucesso, e todos se perguntam com medo: onde está o Batman?


A narrativa insana que Snyder fez para esta revista deixa toda a saga "Batman: Descanse em Paz", do Morrison, no chinelo, elevando a tensão da edição para níveis altíssimos. 

Bruce se encontra quebrado e sem equipamentos dentro do labirinto das Corujas. E a cada nova sala que é apresenta a sanidade do personagem se esvai aos poucos. 
E com isso a sanidade do próprio leitor começa a ser afetada quando somos obrigados a girar a revista para acompanhar a jornada do Batman rumo à total loucura.
Batman acabado e doidão

Com um final de edição capaz de deixar qualquer leitor de Batman em choque,
Scott Snyder e Greg Capullo fizeram uma edição que ficará na história do Homem Morcego.


Detective Comics #5:

Primeiramente, qualquer coisa fica um pouco sem graça depois de ler a primeira revista do mix, pois o nível de qualidade é abissal.
E essa é uma edição de introduções, portanto temos três personagens apresentados sem muito conteúdo por trás:

Batman persegue um novo assassino vestido de palhaço e enfrenta a ira de uma multidão de fãs do Coringa, que acreditam que o Palhaço do Crime foi morto pelo Batman. 
Enquanto isso, a atual namorada do Bruce (é um pouco confuso quando ele está com uma garota diferente a cada revista) se infiltra no Cassino Iceberg e se arrisca nas garras do Pinguim.
E a melhor parte da edição fica com a introdução do filho do Hugo Strange na cena de Gotham, prometendo um futuro arco interessante.



Batman: The Dark Knight #5:

Apesar dessa edição continuar horrorosa, surpreendentemente, é a única legível do título desde a primeira edição do Batman.

Batman começa tendo uma luta contra o Espantalho, que é simplesmente a melhor cena do arco até agora (e não é grande coisa). Mas surpreendentemente o Batman perde para o Espantalho (sim, o Espantalho!). Com ele desacordado, o vilão injeta a toxina dos "músculos gigantes" no Homem Morcego.

A seguir temos uma cena de luta entre o Batman e o Superman que só tem como objetivo ser apelativa e tentar conseguir vendas.

Terminamos novamente com o Batman surrado e desacordado. Aliás, desde a primeira edição ele já tomou cacete do Duas Caras, do Cara de Barro, do Exterminador, do Espantalho e do Superman.
Esse Batman do Finch é um fracassado!

Crítica por: Sid

Comentários

  1. Para quem ta lendo Batman e Robin ao mesmo tempo ver aquela tensão de pai e filho, e percebe-se que eles não se dão bem.
    Nesta edição de batman toda a bat-familia o procurando, até Damian, chega fiquei, "isso é sério, porque até o Damian está procurando desesperadamente pelo pai", fiquei comovido com isso. Snyder é um dos meus preferidos da DC.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

ESPECIAL: Constantine - Ordem de leitura!

Com tanta série vindo por aí, querer conhecer um pouco mais do que está chegando pode parecer uma boa ideia. Saiba o que ler para ter um conhecimento sobre o  mago inglês mais famoso da DC Comics e estar preparado para o que pode vir a ter na série.

Invasão - Por onde começar a ler X-Men

O grupo mutante X-Men é um dos maiores títulos da Marvel e sempre compete pela liderança de maior número de edições vendidas da editora e isso é um reflexo da qualidade de seus personagens e histórias.

Supergirl, Lanterna Vermelha

Não é de hoje que a Supergirl tem alguns problemas em controlar sua raiva e alguns sentimentos mais fortes e, de acordo com o novo escritor de Supergirl, Tony Bedard diz que Kara vai evoluir de uma adolescente cheia de raiva para uma adulta, defensora da Terra. Mas primeiro, ela tem que se livrar dessa fúria da juventude! Cuidado com os spoilers: