Avançar para o conteúdo principal

Comic Con em Baltimore e o painel da DC

O painel da DC na Comic Con de Baltimore foi o primeiro desde a comemoração de um ano dos Novos 52. Com a presença de Dan Didio, Scott Snyder, Jeff Lemire e Greg Capullo, o painel começou com Didio explicando que acabou não comparecendo em 2011 em Baltimore por medo da reação dos N52. Fora isso, ocorreu tudo normalmente e aqui serão passadas algumas das informações lá ditas.

- Starro irá aparecer em Rot World
- Quando os Novos 52 começaram, foi pedido aos roteiristas que 'escrevessem como se estivessem fazendo uma fan fic'
- Sobre a numeração zerada, Didio disse que a DC vai reconhecer quando as publicações de Action Comics e Detective Comics atingirem sua 1000ª edição (lá pra edição 96?).
- Para a grande confusão se Tim Drake foi ou não um Robin, Didio disse que Tim se auto-proclama "Robin Vermelho" por respeito a Jason. Logo, ele não foi muito claro se Drake já começou com a roupa do Vermelho ou se adotou ela depois.
- Lanternas Negros não estão conectados a Podridão.
- Greg Capullo mostrou a um fã um esboço do novo Coringa e aqui está o que foi dito pelo fã: 'A melhor maneira de descrever o novo visual do Senhor C é que parece que o Coringa fez uma máscara com seu próprio rosto. Os buracos dos olhos não se alinham direito e as bordas do rosto ficam um pouco a mostra, igual a máscara do Espantalho, costurada na pele.'

Comentários

Mensagens populares deste blogue

ESPECIAL: Constantine - Ordem de leitura!

Com tanta série vindo por aí, querer conhecer um pouco mais do que está chegando pode parecer uma boa ideia. Saiba o que ler para ter um conhecimento sobre o  mago inglês mais famoso da DC Comics e estar preparado para o que pode vir a ter na série.

Invasão - Por onde começar a ler X-Men

O grupo mutante X-Men é um dos maiores títulos da Marvel e sempre compete pela liderança de maior número de edições vendidas da editora e isso é um reflexo da qualidade de seus personagens e histórias.

Supergirl, Lanterna Vermelha

Não é de hoje que a Supergirl tem alguns problemas em controlar sua raiva e alguns sentimentos mais fortes e, de acordo com o novo escritor de Supergirl, Tony Bedard diz que Kara vai evoluir de uma adolescente cheia de raiva para uma adulta, defensora da Terra. Mas primeiro, ela tem que se livrar dessa fúria da juventude! Cuidado com os spoilers: