Avançar para o conteúdo principal

Universo DC Apresenta #01

Universo DC Apresenta #01 - Panini                                                     (Nota: 7,5)

Desafiador #1 e #2 :

Imagine viver como um fantasma, ser invisível, atravessar qualquer coisa, ignorar as leis da gravidade e até mesmo possuir pessoas. Foi assim que Boston Brand, um trapezista que vivia uma vida de puro egoismo, se viu logo depois que foi morto no meio de uma apresentação no circo em que era a atração principal e como ele mesmo se referia, o 'peixe-grande'.

A origem do herói é explicada logo nas primeiras páginas e não sai muito dos conformes da original. Ao invés de ir de pessoa em pessoa à procura de seu assassino, Boston Brand acaba sendo o campeão do que parece uma versão feminina da divindade Rama e tem que ajudar cada um de seus hospedeiros a achar o sentido de sua vida ou algo para preencher um vazio, fazendo assim com que o que restou de sua vida encontre equilíbrio e finalmente consiga um merecido descanso para sua alma. Alguns elementos dos poderes mudaram, antes era só uma questão de possuir o sujeito e sair por aí fazendo maravilhas, agora ao saltar em alguém, o Desafiador acaba se alinhando com tudo o que o possuído já experienciou na vida.

Seus hospedeiros são a imagem do mundo real, pessoas desesperadas que encontraram saídas algumas vezes consideradas obscuras ou sem volta. Ao ponto em que Boston não sabe mais o que fazer com seu atual hospedeiro, ele acaba indo atrás de uma médium, antiga conhecida do circo onde se apresentava, porém, ele não consegue nenhuma ajuda dela. Como último recurso, ele ameaça tirar a vida da pobre pessoa a quem tenta ajudar para chamar a atenção da divindade, funciona, Rama aparece, responde uma série de perguntas com respostas que geram ainda mais dúvidas e simplesmente some.

Ainda lotado de perguntas, Desafiador toma o corpo de um homem e invade a boate Rocha Lunar, 'um reduto lendário entre os seres sobrenaturais de Gotham'. Pulando de corpo em corpo, Brand chega aos andares inferiores, onde a Bibliotecária se encontra, um anjo que guarda e mantém os registros das vidas dos seres que vivem por aí, usando de ameaças, ele acaba por achar seu livro e descobre que como todas as outras vidas com que ele se conectou, está condenado a danação.
Ou seja, algumas perguntas ficam no ar, o que é de se esperar de uma primeira edição. Quem realmente é Rama e o que ela quer com Boston Brand?

As artes das capas são de ótima qualidade pelas mãos de Ryan Sook. O penciler é Bernard Chang, com um  traço firme, bem dedicado a expressões e suficientemente detalhado. A única coisa que acaba pecando são as cores, acho que poderiam ter tirado um pouco do brilho, está meio que colorido demais, uma coisa mais 'dark' seria muito bem vinda para acompanhar Deadman em sua jornada.

E é assim que termino minha primeira review, espero que gostem do texto e claro, da revista em sí.
Cuba.

Comentários

  1. Boa! Você escreve muito bem! Só achei que houve mais texto sobre a história do que sobre a análise em si. Mesmo assim, parabéns!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

ESPECIAL: Constantine - Ordem de leitura!

Com tanta série vindo por aí, querer conhecer um pouco mais do que está chegando pode parecer uma boa ideia. Saiba o que ler para ter um conhecimento sobre o  mago inglês mais famoso da DC Comics e estar preparado para o que pode vir a ter na série.

Primeira Edição: a Kryptonita Rosa

Hoje vamos falar da maior fraqueza do Superman: a kriptonita. Aquela rocha saída do núcleo de Krypton, depois que tudo explodiu. A pedra uma certa radiação que faz um mal danado ao escoteiro azul. Com algumas variações, azul, vermelha, branca e dourada, a kryptonita tem uma irmã que nem todo mundo conhece.

Invasão - Por onde começar a ler X-Men

O grupo mutante X-Men é um dos maiores títulos da Marvel e sempre compete pela liderança de maior número de edições vendidas da editora e isso é um reflexo da qualidade de seus personagens e histórias.